A Arte de Usar o Relacionamento para Lucrar

Nota do Editor: Nós oferecemos a nossos parceiros/patrocinadores um espaço para assuntos que consideramos interessantes. Informamos aos nossos leitores que os posts são escritos por patrocinadores, mas acreditamos que eles sejam úteis e interessantes para vocês. Esperamos que vocês gostem do post e caso se interessem, testem o produto do nosso patrocinador.

A difícil tarefa de se relacionar e tirar proveito disso existe desde a criação da humanidade. O foco em relacionamento nunca foi tão comercial como nos dias de hoje e a própria concorrência mercadológica em si tem se incumbido de liquidar os mais fracos e levar os mais bem relacionados ao topo.

Poderíamos falar sobre tecnologia, ou quem sabe novas tendências, mas na verdade o nosso interesse é que você obtenha novos clientes e uma maneira simples de fazê-lo é investir no relacionamento. Não adianta ter as últimas tecnologias se você não souber como introduzi-las na resolução das necessidades de seus prospects e gerar oportunidades de negócio através delas.

Como o Relacionamento pode se Envolver em seus Negócios

Uma empresa sobrevive de lucros; lucros são gerados por clientes; clientes possuem necessidades e necessidades devem ser atendidas. O conhecimento das necessidades somente se obtém através do relacionamento, logo: o relacionamento é o principal responsável pelos seus lucros. Tudo está ligado em uma corrente evolutiva. Você deseja mais clientes e de fato o seu cliente deseja te indicar, desde que os seus serviços estejam à altura destas indicações. O ponto-chave é descobrir qual o nível de satisfação de cada cliente para que sua empresa possa atendê-lo com excelência e ser indicada. Não queremos ensinar você a reinventar a roda, mas sim uma maneira de girá-la a seu favor.

A Busca pelos “DEZconhecidos”

Não se trata de uma busca pelo desconhecido, mas sim a indicação de dez métodos comuns do conhecimento de todos sobre como se relacionar melhor e tirar o máximo proveito disto. Não é uma relação de egoísmo onde você oferece relacionamento em troca de lucro, mas sim, uma troca onde o cliente lhe entrega lucro e você o recebe com um relacionamento cada vez mais próximo de suas necessidades e, conseqüentemente, satisfação.

1. Ouça mais do que fale: O caminho para conhecer o próximo e aprender como preencher suas necessidades começa por seus ouvidos e não sua boca;

2. Saiba diferenciar as necessidades reais das vontades: Foque o seu trabalho em liquidar necessidades. A vontade é algo momentâneo, que se acaba com o tempo. A necessidade é concreta, só se elimina quando é preenchida ou substituída;

3. Mostre que você também pode ter a razão: Não seja o dono da verdade, mas em certas ocasiões o seu cliente também pode estar errado, mostre isso a ele;

4. Não erre pela falta de informações: Você não precisa ser um Google ambulante, entretanto tem o dever de deixar o seu cliente informado. Muitas frustrações são causadas pela ausência de conhecimento;

5. Persista, mas não incomode: Seja persistente e lute para conseguir agregar novos e importantes clientes. Só não torne isto tão grande a ponto de ser incômodo, o seu cliente também precisa de espaço;

6. O intercâmbio é essencial: Você não pode abraçar o mundo, afinal nem todos os braços são suficientes para isto. Deixe que seu cliente insatisfeito migre para outras empresas, se realmente o seu relacionamento com ele for bom, ele voltará;

7. O atendimento é diferencial: Não deveria, mas o atendimento nos dias de hoje é sim um grande diferencial. Mantenha-se relacionado com o seu cliente e você descobrirá o elixir do lucro;

8. O pote de ouro não está no fim do arco-íris: Mas sim no começo. Saiba encantar um cliente antes mesmo de ter a mínima certeza se ele vai contratar os seus serviços;

9. A primeira impressão fica, mas por pouco tempo: O marketing não foi tão utilizado como nos dias de hoje, mas o relacionamento pós-venda ainda é mais importante. Nada adianta uma empresa ter R$ 100 mil de receita se amarga R$ 120 mil de cancelamentos. Tome cuidado;

10. Último e mais importante: Não BUSQUE um diferencial, apenas seja você mesmo, afinal todos os seres humanos são diferentes.

O relacionamento é importante para se conseguir novos funcionários em sua equipe de marketing. Não estamos falando de contratações, mas sim de recrutamento de voluntários. Quanto melhor você se relacionar com o seu cliente, entender e suprir suas necessidades, melhor será a indicação que ele fará da sua empresa posteriormente.

A busca por Parceiros é Essencial

Por mais que seja uma vontade geral dos empresários, nenhuma empresa tem capacidade de atender a todas as necessidades de todos os clientes do mundo. A vantagem é que você tem a possibilidade de encontrar parceiros suplementares que, através do relacionamento poderão trabalhar em conjunto para que você possa atender à maioria das requisições.

O relacionamento está envolvido em todos os âmbitos da sociedade, afetando a todas as pessoas. As diferenças são necessárias para que se criem complementos e com isso, todos possam ser atendidos. Busque o relacionamento constante com seus clientes, procure parceiros que possam ajudá-lo em suas necessidades e faça com que o seu futuro seja um ponto de exclamação e não somente uma interrogação perpétua.

0 responses to “A Arte de Usar o Relacionamento para Lucrar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *