Como Equilibrar Design e Funcionalidade Em Produtos Web?

Nós do RWW Brasil achamos que o design é uma faceta importante do desenvolvimento de aplicativos para startups. Este mês falamos sobre como pequenas mudanças no design podem ter grandes impactos no uso de seu site.

Um bom design vale o tempo e esforço, pois ele pode ser importante para atrair e manter seus usuários, mas, quem realmente pode dizer o que seria um “bom design”? Um post recente no blog ignore the code do engenheiro de software suíço Lukas Mathis, levanta uma questão interessante sobre interfaces de usuários e como alguns usuários preferem que elas mantenham sua complexidade.

Parece estranho, mas Mathis argumenta que dominar uma interface confusa dá aos usuários uma sensação de superioridade. Um exemplo deste argumento é o Bloomberg Terminal, uma interface de negócios complexa cujos usuários iriam detestar se fosse simplificada, e isso foi comprovado em alguns estudos.

“Algumas interfaces complexas podem também dar as pessoas a impressão de ter mais controle,” segundo Mathis. “As pessoas também evitam interfaces e produtos simplórios por parecer infantil ou feito para pessoas “burras”.

Então como que isso se aplica a cultura de startups? Ele diz que nem todos os usuários possuem o mesmo gosto. Nem todos procuram o design mais simples e limpo; alguns querem mais recursos e maior complexidade. O importante é lembrar que existe uma diferença entre ter uma interface complexa, e ter uma complicada.

Até a interface mais simples de todas, a do Twitter, começou a adicionar mais complexidade com recursos de retweets, listas, trending topics e mais. Esteticamente, um “bom design” significa que o design é atraente para os olhos e facilmente navegável. Com isso, é importante que as interfaces complexas sejam bem desenhadas para que os usuários que preferem simplicidade não se sintam oprimidos.

O “bom design” pode ser simplesmente uma concepção que seja esteticamente refinada e que também serve para ajudar tanto o novato como o usuário experiente a encontrar facilmente os recursos desejados, sem se sentirem menosprezados ou muito confiantes. Um equilíbrio, bem ali no meio.

E você, tem alguma preferência? Já teve alguma ideia para encontrar esse equilíbrio?

0 responses to “Como Equilibrar Design e Funcionalidade Em Produtos Web?

  1. Design, usabilidade e a experiência do usuário estão intimamente ligados. Acredito que esse equilíbrio possa influenciar no sucesso de um serviço na Web.

    Na nossa startup, o design e a usabilidade são uma das principais preocupações. É tanto, que não escrevemos uma linha de código se o design de cada funcionalidade não estiver pronto. E mesmo agindo dessa forma, muitas vezes temos que mudar o design inicial porque percebemos que o usuário está tendo algumas dificuldades em utilizar as funcionalidades do sistema.

    Acredito que esse talvez seja o maior desafio de todos para as startups: conseguir encontrar o equilíbrio entre design e a usabilidade dos aplicativos na web.

  2. Design, usabilidade e a experiência do usuário estão intimamente ligados. Acredito que esse equilíbrio possa influenciar no sucesso de um serviço na Web.

    Na nossa startup, o design e a usabilidade são uma das principais preocupações. É tanto, que não escrevemos uma linha de código se o design de cada funcionalidade não estiver pronto. E mesmo agindo dessa forma, muitas vezes temos que mudar o design inicial porque percebemos que o usuário está tendo algumas dificuldades em utilizar as funcionalidades do sistema.

    Acredito que esse talvez seja o maior desafio de todos para as startups: conseguir encontrar o equilíbrio entre design e a usabilidade dos aplicativos na web.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *