Primeira Análise do Chrome OS: Frustrante!

Os notebooks ChromeOS chegaram para teste para a equipe do ReadWriteWeb da gringa e já temos um review. Ele não é um Windows e nem um Mac – é um pequeno notebook que consiste em nada além de um navegador Chrome!

Existem pontos positivos e negativos. No geral é legal, mas com um grande problema. A rolagem de página neste navegador é terrível. Presumivelmente é resultado do hardware descartável que veio com ele, mas a rolagem entre as páginas transforma o movimento constante no trackpad em trancos e barrancos. É enlouquecedor. Existem alguns pontos positivos, mas depois de usar muito o Chrome no Mac ou no Windows, e ter esperado um ano e meio por esse Chrome OS, parece que o iPad chegou e roubou o seu mojo no espaço da computação, assim como aconteceu com todos os dispositivos.

As Boas Notícias

  • A caixa em que ele veio é muito bonita! Uma caixa muito bacana com fotos legais impressas nela, é muito interessante. Fácil para abrir. Pequena e leve. Chegou bem rápido! Sim, é uma caixa legal.
  • O acabamento fosco do hardware é muito legal. É um pouco pegajoso, sem risco dos meus dedos escorregar. O computador também é muito leve.
  • O “Instant on” funciona como no iPad – muito legal.
  • 3G gratuito? A Verizon oferece “um pouco” de 3G (100mb por mês), depois você pode comprar mais sem um contrato por US$ 10. Isso é ótimo, gostaria que tivesse no meu notebook.
  • A integração com o Flash parece ser melhor do que a do Mac. Testá-la no Vimeo foi um desafio porque todo lugar que procurava eu acabava achando esses vídeos de stop-motion e não poderia dizer o que estava acontecendo. Mas o Presidente do EUA rodou tranqüilo no YouTube.

As Notícias Ruins e Medianas

  • Esse “teclado simplificado” é bom, mas sou uma pessoa que clica muito na tecla de comando, muito mais que a tecla Alt – comando-F, comando-A, comando-C, comando-V. A tecla comando agora está muito na esquerda, agora eu tenho que esticar meu mindinho para acioná-la, é bastante desconfortável.
  • Guest Mode, uma maneira  fácil de compartilhar seu computador com mais alguém, não permite que as extensões sejam instaladas. Não é o fim do mundo, mas navegar sem meu precioso Apture ou alguma maneira de capturar screenshots é pior do que não poder navegar.
  • Mesmo nunca tendo comprado um software em uma caixa na minha vida adulta e usar somente aplicativos web, a falta de softwares de desktops é um pouco desconcertante. Claro que posso me acostumar, mas preciso que as aplicações web evoluam ao ponto de tirar proveito de coisas como das notificações tipo pop-up do Growl ou Toast.
  • A aparência e o contato não são “feios” como no Windows, mas também não são “bonitos” a la Apple. Pode-se dizer que é na linha do Chrome. É bom, mas é uma pena que as fontes padrão e outras partes do Chrome não sejam mais atraentes.
  • Finalmente, e o que realmente mais importa, é que essa track pad é um lixo. Acho que se deve a isso, mas não tenho certeza. A rolagem é muito instável. O ato de clicar e arrastar funciona cerca de 30% das vezes, as outras vezes o seu cursor fica parado. Agora eu sei que o Chrome no meu Mac muitas vezes tem dificuldade em reconhecer o clique quando clico em um caractere depois de ter começado a clicar e arrastar, mas isso não é funcional.

Quando estou em um computador moderno, eu quero que o movimento da tela seja suave e que eu tenha controle do meu cursor. Com este dispositivo eu não estou tendo nem controle nem movimento, e isto frustra bastante.

Gina Trapani escreveu muito bem, “A Apple faz computadores bonitos, e a Google faz computadores descartáveis.” E olha que ela é uma grande fã da Google. Depois de algumas horas usando o ChromeOS estou de volta ao meu notebook, e wow, é ótimo usar um computador de verdade novamente. Me desculpe Google, eu realmente esperava mais do dispositivo.

Eu não tenho certeza do valor que desses dispositivos, mas creio que será cerca de US$ 100 ou US$ 200 mais barato que o iPad, ou seja, vale a pena gastar um pouco mais. Assim você terá uma experiência suave e ágil, mas sem o Flash e um teclado. Imagino que muitas pessoas que não utilizam muito seus computadores irão comprar o Chrome OS, mas por enquanto a experiência me decepcionou.

5 responses to “Primeira Análise do Chrome OS: Frustrante!

  1. Seria interessante se a avaliação fosse feita por alguém que realmente usou o dispositivo e o sistema. Apenas traduzir um post do blog gringo recheado de opiniões é meio forçação de barra. Espero que a busca por pára-quedistas esteja rendendo bons frutos. Este tipo de post queima o filme do RWW/BR

  2. Euri….

    Primeiro de tudo, esse notebook foi vendido? vai ser comercializado por acaso? NÃO! Porque diabos colocar defeitos de hardware nessa avaliação?!?! Não está no título “CHROME OS”?!?!??

    BTW…. “Guest Mode blablabla (…)” Um visitante no Windows pode instalar tudo tb neh? sério…. me poupe, é guest mode, queria que tivesse permissão de tudo?

    “(…) falta de softwares de desktops é um pouco desconcertante (…)” pelo visto o cara que testou NUNCA usou o chrome a ponto de instalar extensões com notificações….

    sério, a galera tem que aprender a fazer analises…. pqp!

  3. Oi Caio, realmente queríamos ter um Cr-48 para testar, até pedimos um, mas o Google não está olhando para o Brasil, hehehe. Sobre o fato de ser uma tradução, é parte do nosso contrato com o @rww que temos que ter ao menos 50% dos posts vindos do blog original. Uma pena que você não tenha gostado. Eu achei bem legal a análise do Marshall.

    PS: Se quiser tentar conseguir um CR-48, pode tentar por aqui: http://www.google.com/chromeos/pilot-program.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *