Atenção, Pessoas Instáveis Emocionalmente Tendem a Participar mais Ativamente na Internet

Autor Convidado: Ricardo Lage é pesquisador acadêmico na Universidade de Aalborg, Dinamarca, atuando na área de sistemas de recomendação. Acompanhe @riclage_br no Twitter!

Claro que o título acima foi feito para atrair sua atenção. Atenção é recurso escasso nesta era de informação abundante. Enquanto você lê estas linhas tenho sua atenção. Você provavelmente poderia buscar o conteúdo deste texto em outro lugar, mas escolheu lê-lo aqui. Tenho sua atenção e isto é muito valioso. Neste momento posso falar sobre qualquer assunto e fazer você pensar sobre ele, se você realmente estiver prestando atenção. É assim que mágicos e ilusionistas fazem seus truques. Eles são mestres em desviar sua atenção para o que interessa a eles. Enquanto você se distrai com os movimentos hábeis de uma de suas mãos, ele faz seu truque com a outra, sem que você perceba. Da mesma forma, fiz você pensar sobre mágicos e seus truques. Pensou no Mr. M? Ou no David Blaine? Naquele seu tio que aprendeu alguns truques?

Mas o título deste post não está totalmente errado. E não foi usado apenas para atrair sua atenção. A participação de usuários na Internet (inclusive a sua e a minha) tem obviamente tudo a ver com o quanto de atenção nós damos a ela. E, neste contexto, mídias sociais têm tido um papel cada vez mais fundamental. O título do post conta só meia-verdade. Pessoas instáveis emocionalmente tendem a participar mais na Internet e principalmente contribuindo em mídias sociais como Facebook, chats, e Twitter. Mas pessoas mais jovens e extrovertidas também participam mais (independente de serem instáveis ou não). Estes são apenas alguns dos resultados do estudo de Correa, Hinsley e de Zúñiga (2010) que avalia a personalidade dos usuários e seus usos de mídias sociais.

Estudos como este são importantes porque mídias sociais fazem cada vez mais parte de nossas vidas. Nos EUA, três quartos dos adultos e 93% dos jovens estão online. E a maioria deles usa a Internet principalmente para se comunicar. Mais, estudantes já estão ficando viciados no seu uso e começam a experimentar sintomas de abstinência quando ficam um dia inteiro sem acessar a Rede.

Ao mesmo tempo em que a Internet vai ficando mais social, nossa vida, tanto em seus aspectos positivos quanto negativos, passa a acontecer mais nela também. Principalmente nos sites e serviços que favorecem a interação social e, assim, conquistam mais a nossa atenção. Conquista-a porque nossos amigos e família estão lá, e queremos fazer parte do mesmo grupo que eles. Ou porque pessoas que respeitamos estão lá e queremos nos aproximar delas.

O co-fundador do Facebook disse ano passado em entrevista que uma mensagem que você recebe é menos importante do que quem a envia. Reputação conta. Não nos interessa a opinião de todo mundo. Nossa racionalidade é limitada porque não temos a capacidade de processar toda a informação disponível. Por isto, a informação dada por pessoas em quem confiamos e/ou respeitamos tende a ser muito mais valorizada.

O poder das mídias sociais está exatamente na possibilidade de potencializar o acesso a este tipo de informação. Prestamos mais atenção nestes serviços porque conseguimos neles a informação personalizada que outras mídias não conseguem nos dar. E assim eles vão tornando a Internet cada vez mais social, com cada vez mais usuários, e ganhando cada vez mais espaço no processo.

0 responses to “Atenção, Pessoas Instáveis Emocionalmente Tendem a Participar mais Ativamente na Internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *