A Redpoint Ventures e a BV Capital da eVentures anunciaram recentemente que juntaram forças para lançar um novo fundo focado no mercado Brasileiro de tecnologia. A nova empreitada, batizada de Redpoint eVentures, terá sede em São Paulo e será liderada pelos parceiros Yann de Vries e Anderson Thees, que esperam trazer seus conhecimentos adquiridos no Vale do Silício para investir e orientar as startups promissoras do nosso país.

A Redpoint eVentures focará em startups brasileiras que atuam com e-commerce, no setor móvel, e que oferecem serviços baseados em nuvem. As duas empresas já investiram em três startups locais: o site de viagens Viajanet, o serviço de computação em nuvem Grupo Xangô, e o site de moda voltado para mulheres Shoes4You.

A BV Capital eVentures já atua na Europa, Rússia, China e Japão. Já a Redpoint possui a expertise desenvolvida na atmosfera do Silicon Valley. Ao combinar esses dois pontos fortes, a empresa tem potencial para transformar as startups locais. Principalmente com o fundo de mais de US$ 3 bilhões que a Redpoint eVentures tem em caixa para investir no mercado tupiniquim.

De acordo com o VentureBeat, fundar uma empresa no Brasil pode dar MUITO trabalho. Principalmente pela burocracia exagerada que o empreendedor encontra ao tentar fundar seu negócio, processo que pode durar meses. Os investidores locais nem sempre têm acesso à profissionais qualificados que poderiam agilizar o processo, como advogados e contadores. Apesar dos problemas, o Brasil está ganhando espaço lá fora, formando uma cultura quente de empreendedorismo com o surgimento de várias novas startups, que procuram seguir os exemplos de empresas como o Peixe Urbano para alcançar o tão sonhado funding, e então, começar a luta.

Seja bem vinda Redpoint eVentures!