E o Jira Ganhou um Irmãozinho Mais Novo…

Hoje em dia escutamos os desenvolvedores mais antenados falando de “GitHub” constantemente. Sim, os repositórios de código online são um mercado quente. Eles representam como a colaboração está se aprofundando nos ciclos de desenvolvimento e permitindo formas universais para se aproveitar o código. Soluções como o Github, simplificam a vida dos desenvolvedores (sem ter de configurar servidores, ou gerenciar infra estrutura) e alavancam ainda mais as comunidades open source.

O GitHub é tão quente que a empresa recrutou Eston Bond, um dos pais do design de produto do Facebook.

Mas o que nem todo mundo sabe é que existe outro repositório de código que também tem alguma popularidade no círculo geek. É chamado Bitbucket e acabou de ser comprado pela Atlassian, a fabricante do software de gestão de projetos Jira. A empresa reforça assim seu posicionamento de que quer ser a Adobe do mundo desenvolvedor. A Adobe tem servido como uma caixa de ferramentas para os designers. A Atlassian pretende ser a fonte para ferramentas de desenvolvimento.

Essa é a primeira aquisição da Atlassian. E não será a última. A empresa possui US$60 milhões no banco da Accel Partners que pretende investir em aquisições.

O BitBucket preenche uma lacuna na linha de produtos da Atlassian. A empresa tem um issue tracker (o Jira) mas ainda não tinha um repositório. No passado, a Atlassian era uma plataforma agnóstica de repositórios de código. Ela permanecerá agnóstica, mas vai aproveitar a oportunidade com o BitBucket para alterar o modelo de negócios.

A Atlassian recentemente lançou o seu próprio serviço on-demand para JIRA, Confluence e Grasshoper. Com os 60.000 usuários do Bitbucket.org, a Atlassian está fortalecendo sua posição como fornecedora de ferramentas de desenvolvimento Software-as-a-Service (SaaS).

A Atlassian irá oferecer um serviço gratuito para startups e equipes pequenas. É um programa que de início permite que até cinco pessoas usem a mesma conta.

Os preços serão baseados no número de usuários. O Bitbucket utilizou um modelo baseado no uso do espaço em disco.

A adoção do BitBucket pelo sistema Mercurial (o famoso ‘hg’) ajudou na aquisição. Para quem não sabe, o Mercurial é uma ferramenta de “controle de versão” distribuída, assim como o Git.

A magia dos repositórios de código vem com um sistema de controle de versão distribuído (DVCS), que permite que os desenvolvedores programem localmente online ou offline. Os desenvolvedores podem realizar uma fusão (merge), colaborar e monitorar a atividade em uma árvore de versões.

A Mercurial é particularmente popular entre usuários do Windows, uma grande comunidade que a Atlassian atende. No Linux, o Git ainda reina soberano.Vamos esperar para ver os próximos movimentos da empresa e se o irmãozinho mais novo do Jira vai ter apelo no mercado corporativo.

[OFF] Confira abaixo o Funk do Jira, uma homenagem dos brasileiros ao público fã do maior produto da Atlassian:

0 responses to “E o Jira Ganhou um Irmãozinho Mais Novo…

  1. Whoa, excelente notícia! Os controles de versão distribuídos, não importa se é Git (Github) ou Mercurial (Bitbucket), estão em alta, mas nenhum destes portais (Github e Bitbucket) possuem um issue tracker tão bom e completo quanto o JIRA.

    Agora as coisas vão começar a esquentar 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *