BTBuckets. Sim, Startups Web Brasileiras Conseguem Competir Lá Fora!

Quando Mark Zuckerberg afirmou na conferência D8 que “Em alguns anos, as pessoas olhariam para o passado e ficariam impressionadas ao saber que os sites não se adaptavam automaticamente aos usuários antes”, ele abriu uma discussão interessante.

O OpenGraph já mostrou que agora é a hora dos sites começarem a se adaptarem aos usuários, e ele é apenas uma das maneiras de usar tecnologias que entendem quem é o usuário para facilitar o trabalho de customização.

Quando falamos pela primeira vez sobre segmentação comportamental (Behavioral Targeting ou BT, para os íntimos) aqui no ReadWriteWeb Brasil, já estávamos empolgados com o sucesso do BTBuckets, um serviço que apesar de poucos saberem, é 100% brasileiro e vem sendo desenvolvido pela Predicta. Na última semana, tivemos a oportunidade de conhecer a Predicta e conversar com Phillip Klien, Rogério CoelhoMarcelo Chabes e Arnaldo Pereira, membros do time do produto. Se você não conhece o BTBuckets, recomendamos que entre no site e faça um teste (é grátis). Se já conhece, achamos que vai gostar de saber um pouco mais sobre sua história.

Entendendo o BTBuckets

O BTBuckets agrupa usuários com características de navegação similares em segmentos definidos de acordo com seu comportamento. Pode-se alterar o idioma do site de acordo com a localização do usuário, oferecer imagens diferentes para homens e mulheres, e uma infinidade de outras possibilidades. Uma demonstração legal da utilidade do serviço ocorre no próprio site do BTBuckets: se você está no Brasil e acessa o site do serviço, verá uma bandeira brasileira que linka para uma página contando um pouco sobre a essência brasileira do serviço. A segmentação comportamental também pode ajudar com otimização de publicidade e aumento de conversões de praticamente qualquer site.

O Primeiro WebApp Brasileiro Global

O conceito do BTBuckets surgiu da necessidade de tornar a Predicta uma empresa mais inovadora. Segundo Phillip Klien, o projeto surgiu com o objetivo de ser um webapp brasileiro, mas mundialmente reconhecido. A ideia foi lançada para o time da empresa, que usou plataformas de cloud computing e um budget de 10.000 dólares para entregar em 2 meses a primeira versão do produto. Hoje, 2 anos depois, o BTBuckets já atinge 100 milhões de usuários e conta com mais de 300 clientes ativos.

Novas Integrações: WordPress, Facebook e …

O serviço vem seguindo uma linha de desenvolvimento focada na integração a outras plataformas. O BTBuckets pode ser facilmente integrado ao Google Analytics, e recentemente lançou integrações com WordPress (plugin open source) e Facebook Connect. A equipe nos contou que em breve veremos novos plugins, e estamos curiosos sobre os próximos passos da plataforma.

BTBuckets no Google I/O

O BTBuckets foi desenvolvido usando a plataforma App Engine, do Google. Este ano, 3 semanas após o fim das inscrições para o evento, o time da Predicta recebeu um convite para comparecer ao evento. Entre 180 estandes de desenvolvedores, o único de brasileiros era o do BTBuckets. E o time de engenharia da Google se impressionou bastante, levando até bronca da equipe BTBuckets.

E Então, a Startup Web Brasileira Consegue Competir Lá Fora?

Conversamos com Daniel Waisberg, membro do conselho do eMetrics Summit e pedimos suas impressões sobre o BTBuckets. Para Daniel, “O BTBuckets é hoje uma das ferramentas mais avançadas de otimização de websites. O fato de a empresa oferecer a ferramenta de maneira gratuita e também uma integração com o Google Analytics tornam o BTBuckets um game changer, trazendo o Behavioral Targeting para as massas.”

Pela recepção da equipe do BTBuckets no Google I/O, e pelo recente destaque que a empresa recebeu na galeria de aplicações do Google Analytics, nós ousamos dizer que sim, uma startup web brasileira consegue competir lá fora. Nós temos profissionais tão bons quanto eles, e também uma cultura de startups que amadurece gradualmente. Até mesmo o cenário de capital de risco no Brasil vem amadurecendo e aumentando seus investimentos no mercado de internet.

Nós do ReadWriteWeb Brasil gostamos de ver nossas startups representando o Brasil lá fora. E você, na sua opinião, quais outras startups brasileiras tem chances de conquistar o sucesso no mercado global?

0 responses to “BTBuckets. Sim, Startups Web Brasileiras Conseguem Competir Lá Fora!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *