Nota do editor: Este artigo foi originalmente publicado no blog do Desafio Sua Ideia Vale um Milhão, competição de startups do Buscapé Company. Confira nossa cobertura anterior aqui

Qual a maneira mais fácil de conseguir uma pequena ajuda financeira para sua startup e ainda testar seu modelo de negócios, conseguir feedback de especialistas e praticar networking? Claro que é participando de uma competição de startups. Além do prêmio em dinheiro, ou em investimento, o empreendedor que souber aproveitar as oportunidades tem muito a ganhar com essas participações.

Nem todas competições oferecem apenas esta pequena ajuda financeira, o prêmio varia de acordo com a empresa organizadora. O Desafio Sua Ideia Vale um Milhão, por exemplo, oferece a startup vencedora um investimento significativo de R$ 300.000, além de suporte total em todas as áreas do negócio, para que a startup cresça junto com o investidor e atinja seu potencial máximo neste mercado cada vez mais competitivo.

Já demos algumas dicas para você se preparar para uma competição de startups antes mesmo de se inscrever, hoje focaremos na própria competição em si. Confira:

Seja objetivo no seu pitch

Se você demora muito para explicar o que você faz é porque, ou você não sabe o que faz, ou você está tentando justificar o motivo de fazer, o que quer dizer que sua startup não resolve um problema ou não é viável. Quanto mais rápido e objetivo for o seu pitch, mais chances você tem. Suas primeiras palavras são as mais importantes, portanto aproveite para falar exatamente o que sua startup faz, da maneira mais clara possível. É aí que o empreendedor chama a atenção dos jurados e investidores.

Outra dica valiosa é nunca tomar todo o tempo disponível para o pitch. Se você terá 5 minutos, tente apresentar em 4. Não é nada legal quando você ainda está apresentando seu pitch e é interrompido pois o tempo acabou.

Identifique o problema

Qual foi a motivação em desenvolver seu produto/serviço? Qual problema você pretende exterminar? Como você descobriu que isto poderia se tornar um negócio? O problema justifica o desenvolvimento de sua empresa para solucioná-lo? Alguém mais resolve este problema? O que o difere dos concorrentes? Você resolve o problema com maior eficiência ou rapidez? Explique corretamente sua proposta de valor.

Não se esqueça das informações importantes

Alguns empreendedores deixam de lado informações importantes que podem muito bem destacar sua apresentação. Certifique-se de tudo que deverá ser apresentado, como o que você faz, qual problema será resolvido por seu serviço ou produto, quem são as principais pessoas no seu time, quais são suas experiências, e por aí vai. Você não quer chegar ao final de sua apresentação e ter um jurado perguntando sobre informações básicas de um pitch.

Desenvolva seu Pitch de acordo com a banca

Cada competição tem um modelo, obrigando o empreendedor a se adequar a cada um deles. Algumas competições o júri é formado por investidores e figurinhas carimbadas da cena de startups, outras competições podem ter também participação de outros profissionais ou até mesmo do público. Se uma banca de investidores avaliará seu pitch, escreva-o de maneira que esses investidores tenham interesse em investir na sua ideia, ou seja, apresente rapidamente suas estratégias de crescimento e seus planos para tornar seu negócio escalável.

Nunca apresente seu pitch apenas com algum vídeo “legalzinho”

Este é um erro gravíssimo! Para aumentar suas chances de vencer uma competição é preciso conquistar os investidores e jurados, e deixar que um vídeo fale por você não lhe ajudará em nada. A conquista dos jurados acontece quando o apresentador demonstra que tem conhecimento sobre o que está apresentando, e consegue diminuir a distância entre ele e os jurados com uma apresentação simpática e natural. Um video pode ser uma ferramenta de suporte, mas nunca seu pitch principal em uma competição.

Com essas dicas você poderá surpreender a banca de jurados de qualquer competição.

Boa sorte!