A fábrica chinesa Foxconn, que produz dispositivos da Apple, vem sendo criticada por abusar de seus funcionários com longas jornadas de trabalho, salário insatisfatório e inclusive com alto índice de suicídio entre seus empregados. Para amenizar os ânimos da imprensa, o atual CEO da Apple, TIM Cook, fez uma visita à fábrica no mês passado, socializando com seus funcionários e aprendendo mais sobre o processo de produção dos seus dispositivos.

Agora você também tem a chance de conhecer mais esse processo com o vídeo abaixo feito por Rob Schmitz, que foi o segundo repórter da história a ter acesso à fábrica chinesa Foxconn. No vídeo você pode ver os funcionários da fábrica em ação, montando e testando o iPad, e também ver que a Foxconn também investe no lazer, com campos de futebol e espaços para esportes.

De acordo com o vídeo, a Foxconn é uma das poucas fábricas chinesas que paga em dia, e também uma das melhores. A cada dia centenas de pessoas fazem fila na fábrica para tentar conseguir um emprego.

Alguns pontos que o jornalista notou na unidade Longhua da Foxconn:

  • A fábrica é praticamente uma cidade. 240.000 pessoas trabalham na Foxconn, sendo que 50.000 moram no campus e dormem em dormitórios.
  • Dentro das dependências da fábrica os trabalhadores tem acesso à bancos, restaurantes, padarias, fotógrafos de casamentos, cafés e biblioteca.
  • Na fábrica os trabalhadores também praticam esportes. Eles tem acesso a quadras de basquete e tênis, academia, piscinas, e um campo de futebol.
  • Também existe uma estação de rápido chamada Voz da Foxconn, e uma emissora de TV.
  • Na rua principal existe também um departamento de bombeiros, da própria fábrica.

A Foxconn tem várias precauções na fabricação do iPad, com testes rigorosos para que nada dê errado. Um pequeno item é inserido em cada placa-mãe do iPad, assim quando algum problema é detectado é possível rastrear a origem do problema no próprio processo de montagem. Outro teste interessante é o do giroscópio, onde o iPad é rodopiado para todos os lados em uma máquina específica.

E aí, deu vontade de trabalhar na Foxconn?