Nota do editor: Este post faz parte de uma parceria do WebHolic com o site Exame. O conteúdo exibido aqui não é de nossa autoria.

Um usuário do fórum chinês WeiPhone publicou duas fotos do que ele diz ser a placa-mãe do iPhone 5. Na peça, pode ser visto o encaixe para um chip de operadora menor que os atuais. Pode ser o local que vai receber o nano-SIM, o novo formato de chip que a Apple deve estrear no iPhone 5.

Não há garantia de que as fotos publicadas no WeiPhone sejam legítimas. Mas, sem dúvida, elas são verossímeis. Já existem imagens de um suposto chassis do iPhone 5 e de outras partes do smartphone que vazaram na web. O site francês NoWhereElse verificou que a placa exibida nas fotos chinesas se encaixa perfeitamente nas imagens do corpo do aparelho.

Outro site especializado, o 9to5mac, observa que, na placa fotografada, há cinco terminais de contato elétrico para a bateria – um a mais do que tem o iPhone 4S. Fotos de uma suposta bateria do iPhone 5 mostram esse componente com cinco contatos. O site também aponta que a placa-mãe tem mais terminais para a conexão de antenas do que o iPhone 4S. A razão seria o acréscimo de uma antena para acesso a redes celulares 4G LTE.

Não há etiquetas de identificação na placa fotografada pelos chineses. Se ela for legítima, é provável que se trate de um protótipo. Também não é possível ver o processador nas imagens. Logo, continua no ar a dúvida sobre qual processador vai equipar o iPhone 5. Os rumores indicam que será uma nova variante do chip A5, da Apple. Ou pode ser o A5X, que já é usado no iPad de terceira geração.

A apresentação do iPhone 5 é esperada para 12 de setembro. Se essa data se confirmar, a Apple deve começar a vender o aparelho nos Estados Unidos na semana seguinte, talvez no dia 21. Já a chegada oficial ao Brasil deve acontecer em novembro. É provável que o iPhone 5 seja vendido por valores similares aos preços atuais do iPhone 4S. Já os modelos 4S e 4 devem ter seus preços reduzidos depois do lançamento.

Pelo que sabemos até agora, o iPhone 5 terá tela de 4 polegadas em formato mais alongado (16:9) que a do iPhone 4S. Ele vai usar um novo conector de dados, menor que o atual. A Apple, assim, começa a abandonar o conector de 30 pinos que ela usa há nove anos em seus dispositivos móveis. Já a tomada para fone de ouvido e microfone deve mudar para a parte inferior do smartphone.

O iPhone 5 também deve trazer a conexão sem fio NFC – que, como o acesso a redes 4G LTE, já está presente em concorrentes como o Galaxy S III, da Samsung. O que não se sabe, ainda, é como o novo smartphone da Apple vai se chamar. Embora muita gente se refira ao aparelho como iPhone 5, não há nenhum indício concreto de que seja esse o nome real.

iPad mini e iPod

Especula-se que, junto com o iPhone 5, a Apple pode anunciar o iPad mini, com tela de 7,85 polegadas, e novos modelos do iPod touch e do iPod nano. Há, ainda, rumores de que a Apple prepara um novo modelo do MacBook Pro de 13 polegadas com tela Retina. Mas há poucas chandes de que todos esses produtos sejam anunciados juntos. O mais provável é que a Apple apresente o iPhone 5 e os dois novos iPod em setembro, e deixe o MacBook e o iPad mini para outro evento.