Eduardo Saverin Começa a Gastar seus Dólares na Startup Vencedora do TechCrunch Disrupt

A startup vencedora do TechCrunch Disrupt Qwiki (um nome um pouco sugestivo) fechou sua rodada de investimentos de US$ 8 milhões com um grupo interessante de investidores. O principal investidor é o “brasileiro” Eduardo Saverin, o co-fundador do Facebook e supostamente o 10º homem mais rico do Brasil. Ele assistiu a apresentação da Qwiki em stream lá de Singapura e gostou do que viu. Depois se encontrou com os fundadores da startup e tudo indica que deu certo.

Além do brasileiro, outros investidores já conhecidos estão envolvidos, são eles: Jawed Karim (investidor da última rodada de investimentos da empresa e também co-fundador do YouTube), Pradeep Sindhu (co-fundador da Juniper Networks), os grupos Greylock Discovery Fund (dirigido por Reid Hoffman), Lerer Ventures, Tugboat Ventures, e Contour Ventures.

Os investidores vão permitir que os gestores da empresa permaneçam com total controle sobre a mesma. Os investidores não participarão de votações no conselho de diretores, mas o brasileiro terá um lugar como “observador” juntamente com o investidor Pejman Nozad, onde os membros votantes, os co-fundadores Doug Imbruce e Louis Monier juntamente com o principal investidor semente Bobby Yazdani, decidirão o futuro da empresa.

A empresa ainda está na fase alfa e seu site não foi lançado para todos, mas você pode fazer seu cadastro para testar. O serviço já gerou muita empolgação, principalmente pela sua capacidade de fornecer informações em tempo real sobre um tema escolhido através de vídeos, textos, áudio e fotos interativas. O co-fundador da empresa, Doug Imbruce, diz que a informação é feita na hora por máquinas, e não por pessoas. Não se trata de um vídeo já produzido e armazenado em algum lugar. O próximo passo da empresa é abrir o serviço e lançar um aplicativo para o iPad, que já está em desenvolvimento. O co-fundador também quer facilitar para os desenvolvedores incorporarem o formato Qwiki em seus aplicativos.

Veja abaixo a apresentação que chamou a atenção do brasileiro:

O que acharam? Também se impressionaram?

0 responses to “Eduardo Saverin Começa a Gastar seus Dólares na Startup Vencedora do TechCrunch Disrupt

  1. Não entendi as aspas no primeiro parágrafo. Ele é brasileiro mesmo, embora tenha sido criado nos EUA. E essa Qwiki é legal pra caramba.

  2. Fantástico e inovador! Vamos torcer para vir logo para o Brasil com conteúdos interessantes e informativos. Toda plataforma que une interação com conteúdo tem futuro e utilização contínua! O Eduardo está de parabéns e acredito que utilizará sua expertize neste investimento, fiquei fã deste brasileiro que mostrou sua confiança, fidelidade e honestidade retratada no livro e no filme rede social!
    Vamos torcer por mais esta inovação na web. Que venha o Qwiki!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *