Nota do editor: Este post faz parte de uma parceria do WebHolic com o site Exame. O conteúdo exibido aqui não é de nossa autoria.

O Google lança hoje na América Latina a ferramenta DoubleClick Ad Exchange, uma espécie de “bolsa de valores” para a compra e a venda de banners, a “enfeitada” mídia display.

A plataforma será apresentada durante o AdMonsters Brasil, que acontece hoje em São Paulo, e deixa clara a ofensiva da empresa atrás dos cifrões movimentados pelo mercado de display – hoje um bolo de 5 bilhões de dólares globalmente -, além de pontuar a vida longa de uma das mais antigas maneiras de capitalizar a internet.

O DoubleClick Ad Exchange estabelece um mercado aberto de anúncios no modelo de leilão, que pode ser gerenciado em tempo real. Com isso, anúncios gráficos e espaços disponíveis poderão ser alocados com um aproveitamento maior, de acordo com o Google.

“Hoje, ninguém consegue vender todo o inventário de anúncios. Por que o Ad Exchange surge como algo mais atraente?”, diz Alberto Menoni, diretor de Online Partnership Group do Google para América Latina.

“Nessa ‘bolsa de valores’ se conectam, por um lado, anunciantes que demandam oportunidades de comunicação com usuários e, por outro, editores e outras redes oferecendo oportunidades de comunicação com usuários. Para anunciantes, o benefício é o acesso a um volume maior de inventários e também a outras redes de Display, além da Google Display Network. Para editores, significa mais anunciantes. Além disso, a chance de comercializar espaços não-vendidos”, explica Menoni.

Como funciona

Os vendedores disponibilizam inventários específicos para compra e definem um valor mínimo de lance (ou “preço de reserva”) para o inventário, especificando regras para limitar determinados anunciantes, formatos ou conteúdos.

Em paralelo, os compradores especificam o inventário que desejam adquirir e o valor de lance associado a esse inventário. Eles também podem especificar uma regra para controlar dinamicamente o lance de modo que o preço do lance varie com base no desempenho do inventário.

O DoubleClick for Publishers disponibiliza o inventário de valor médio para vendas diretas e para o Ad Exchange. O inventário é vendido automaticamente onde gera o preço mais alto.

Para cada impressão, o Ad Exchange verifica todo o mercado para corresponder os requisitos de segmentação do comprador com o inventário do vendedor. O DoubleClick Ad Exchange fornece um único ponto de faturamento e pagamento para todas as transações.

O bolo

Hoje, a rede de banners do Google alcança 93% dos usuários de internet e compõe mais de 100 mil sites.

No Brasil, o número de anunciantes online de mídia display cresce aproximadamente 40% por ano, de acordo com dados do mês de janeiro do Ibope.