iBooks Em breve no iPhone, Mas o Kindle Já Está Lá.

Durante o evento de lançamento do iPhone OS 4 de ontem, a Apple anunciou que pretende trazer o iBooks e a iBookstore para o iPhone assim que o novo sistema operacional estiver disponível ainda este ano. Mas ainda não está claro a razão da demora. Afinal, a possibilidade de sincronizar e-books entre os dois dispositivos colocaria o conjunto de ferramentas da Apple em igualdade com a plataforma Kindle da Amazon, que já está no iPhone a mais de 6 meses.

Assim como os aplicativos do Kindle, o iBooks será capaz de sincronizar páginas e marcações entre as versões do iPad e do iPhone. Pelo que vimos até agora, o iBooks no iPhone é basicamente uma cópia exata da versão do iPad, com algumas concessões pelo tamanho da tela.

Será que o iBooks não Passa Mais um Aplicativo?

Na sua essência, o aplicativo iBooks nada mais é do que outro iPhone app. Até onde analisamos, o iBooks não possui nenhum recurso especial que já não esteja na versão 3.2 no iPad ou até mesmo a mais nova iPhone OS 4. A Apple está tentando casar o iBooks com o lançamento do próximo OS e existem chances de que o iBooks para o iPhone não irá funcionar no iPhone original nem nos modelos mais antigos do iPod touch, e não estará disponível como um download separado.

Talvez a equipe responsável pelo iBooks se preocupou tanto com o desenvolvimento do aplicativo para o iPad que não dedicou tanto para a versão do iPhone.  Mas nada disso explica a razão da Apple esperar o lançamento do iPhone OS 4 para lançar o iBooks para o iPhone e renunciar todas as eventuais vendas de e-books para usuários do iPhone.

Uma das grandes vantagens da Amazon em cima do iBooks e da iBookstore (além do fato de que algumas pessoas simplesmente preferem o aplicativo Kindle e que a Amazon possui uma seleção muito maior de e-books),é que os usuários podem facilmente ler e sincronizar seus livros do Kindle entre o iPhone, iPad, Kindle e no desktop. Há também boas chances de que a Barnes & Noble em breve lance uma versão de seu leitor de e-books para o iPhone. Com isso, os e-books da empresa estarão disponíveis na B&N Nook, em vários leitores de terceiros, no iPhone e iPad.

Por não lançar o iBooks imediatamente para o iPhone, a Apple provavelmente irá perder uma quantia considerável de clientes para a Amazon. Afinal, a Apple já vendeu quase 80 milhões de dispositivos com o iPhone OS e menos de 1 milhão de iPads.

0 responses to “iBooks Em breve no iPhone, Mas o Kindle Já Está Lá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *