Designer Alega ter 84% de Participação do Facebook

Quando você está no topo, é provável que alguns queiram ver você falhar – ou queiram um pedaço do seu bolo. Para o Facebook, a maior rede social do mundo, o topo representa várias alegações de que o site não era, de fato, ideia do CEO Mark Zuckerberg. O Wall Street Journal relata que a última, e um tanto bizarra, alegação vem de um web designer chamado Paul Ceglia que alega ter uma participação de 84% da empresa.

Paul entrou com uma ação na New York State Supreme Court no dia 30 de Junho, alegando que ele assinou um contrato com Mark Zuckerberg em 2003 para desenvolver o site que ele afirma agora ser o Facebook. De acordo com Paul, os termos de contrato foram que ele seria pago com US$ 1.000 pelo site junto com 50% de participação do produto resultante. Agora, aqui está a parte mais bizarra que levou ao indivíduo reivindicar 84% da propriedade: De acordo com o jornal, “O contrato estipulava que o Sr. Ceglia receberia uma participação adicional de 1% do negócio para cada dia após o dia 1 de Janeiro de 2004, até que o site fosse concluído.”

Nós temos que dizer que esta é a condição mais intrigante que ouvimos falar quando se trata de um projeto de web design. Para cada dia que ele atrasasse, ele receberia uma parcela maior?

Embora a acusação pareça estranha, o juiz Thomas Brown emitiu uma ordem de restrição temporária para a empresa, impedindo-a de transferir qualquer parte de seus ativos. O Facebook ofereceu ao jornal a negação do pedido, chamando o processo de “completamente sem embasamento” e disse que iria “lutar vigorosamente”.

A empresa dobrou de tamanho desde que analisamos a última disputa societária, há pouco mais de um ano, e essa provavelmente não será a última vez que aparecerá este tipo de alegação. Disputa por disputa, preferimos que se for para alguém ganhar mais ações do Facebook, que seja o brasileiro Eduardo Saverin, um dos “esquecidos” fundadores da empresa.

0 responses to “Designer Alega ter 84% de Participação do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *