O aplicativo criado pelos cariocas da Easy Taxi, localiza o táxi mais próximo do passageiro, pede o táxi e ainda permite ao passageiro, acompanhar seu táxi pelo mapa no aplicativo em tempo real, durante todo o percurso tudo em menos de 1 minuto e gratuitamente.

Segundo o Superintendente da Associação Nacional de Transportes Públicos, Marcos Bicalho, “O táxi é visto como um luxo hoje, mas é um modal mal aproveitado. Ele poderia ajudar a desafogar o trânsito”. Tallis Gomes e Daniel Cohen; fundador e co-fundador da startup carioca; perceberam este fato e em junho do ano passado, durante um dos eventos em que foram vencedores, o Startup Weekend, e nasceu a Easy Taxi.

Recentemente a Easy Taxi virou notícia na EXAME (através de um artigo escrito pelo WebHolic) durante um imbróglio que envolveu a saída de um dos sócios da empresa; agora que tudo se acalmou, Tallis Gomes, que ocupa o cargo de CEO da startup, afirma que “o foco é desenvolver um serviço que deixa o ecossistema de tráfego mais inteligente, distribuindo melhor os táxis nas grandes cidades, utilizando uma “mão invisível”; que permitirá aos taxistas trafegaram onde há de fato a demanda por táxis.”

Recentemente a prefeitura fora citada em matérias que afirmavam seu desejo de tirar táxis da rua, pois a péssima distribuição dos táxis no Rio de Janeiro (38% dos táxis brasileiros rodam na região metropolitana) é uma das principais causas do tráfego intenso em determinadas zonas da cidade do Rio de Janeiro. Em conversa recente com o prefeito Eduardo Paes; Tallis Gomes garantiu que a Easy Taxi seria capaz de resolver este problema na medida em que seu produto for escalado, a Easy Taxi segue em conversa com a prefeitura do Rio de Janeiro.

A Easy Taxi roda atualmente sua versão de teste (BETA) com uma quantidade reduzida de táxis que cobrem parte da Zona Sul e Centro da cidade do Rio de Janeiro. A versão BETA para Android foi lançada no último Sábado e já possui mais de 280 downloads e uma média de 22 chamadas por dia. A versão do aplicativo para iOS será lançada em breve. A Startup pretende lançar seu serviço nas próximas semanas, assim que finalizarem as negociações com os investidores.

A Easy Taxi enfrentou alguns problemas no início do ano que chamaram a atenção do mercado. Nós falamos sobre o ocorrido e explicamos algumas práticas que poderiam ter evitado o conflito, como Vesting, IP Agreements (acordos de propriedade intelectual) e Non Compete. Mas tudo foi resolvido e a startup segue crescendo.