Licenças Red Hat Agora no EC2 da Amazon

A RedHat anunciou recentemente que clientes com assinaturas corporativas premium agora podem mover suas licenças Red Hat Linux para a nuvem da Amazon com o EC2. O Amazon EC2 é o primeiro provedor em nuvem suportado pela Red Hat.

Empresas que possuem cópias pagas Red Hat Linux, agora podem se inscrever para permitir que estas sejam autorizadas na EC2, em sua conta na Amazon. Nós conversamos com a equipe da Red Hat para saber mais sobre os detalhes desta parceria.

Presença Maior

Uma das grandes motivações é a capacidade de suportar cases corporativos de uso, como web hosting, que está cada vez mais incluindo uma parte de seu serviço na nuvem. A RedHat está comprometendo a tornar as últimas versões do Red Hat disponíveis na Amazon EC2 na mesma data que sua versão padrão. Isso inclui a versões de 32 e 64 bits.

A Red Hat já é suportada em plataformas de virtualização como a WMware e a KVM, então este passo é uma extensão natural para dar aos departamentos de TI a capacidade de rodar uma imagem Red Hat onde quer que eles estejam hospedando suas máquinas.

Algumas Considerações

Um ponto favorável para a Red Hat na nuvem da Amazon é que a empresa está testando algumas atualizações para o sistema operacional para clientes que já estão no EC2.

Naturalmente, isto já está disponível no serviço de assinatura normal, mas conversando com a empresa pudemos visualizar um grande futuro na nuvem dessa “parceria” da Red Hat com a AMZ.

A Red Hat enfatiza que, ao hospedar suas licenças no Amazon EC2, você será cobrado apenas pelo que usa. Assim como você pode configurar instâncias com base nas suas necessidades, você pode extender sua licença também. A cobrança do registro de licença irá seguir o mesmo padrão das instâncias rodando, sempre on demmand.

Primeiros Passos

A ferramenta de assinaturas da Red Hat Cloud Access está disponível para a Amazon EC2 agora. Para saber mais sobre o Cloud Access visite http://www.redhat.com/solutions/cloud/access/.

Aqui estão alguns outros recursos que são um bom ponto de partida para quem tem serviços Red Hat rodando fora da EC2:

A Red Hat também está ajudando empresas a criar nuvens próprias (VPNs) com sua tecnologia proprietária de virtualização e grande suporte em Linux. A empresa está se posicionando para ser uma força na computação em nuvem, continuando seu legado de software aberto.

Mas, será que todas as plataformas de software vão para a Amazon? Será que a distribuição em nuvem um dia será prioridade da Red Hat e também de outras versões de sistemas operacionais?

0 responses to “Licenças Red Hat Agora no EC2 da Amazon

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *