Mac App Store: Nossas Primeiras Impressões

A Apple lançou recentemente uma atualização para seu sistema operacional, e junto com ela vem a nova Mac App Store. A App Store é desenvolvida para levar ao Mac a mesma simplicidade que o iTunes oferece para encontrar, comprar e instalar aplicativos no iPhone e iPad.

Nosso veredito: Esta é uma maneira rápida e realmente fácil de encontrar e instalar aplicativos no seu Mac.

Veja o que a Mac App Store oferece e como ela funciona:

Procurando Aplicativos

Apesar do ícon diferente, a Mac App Store é quase idêntica à iTunes App Store. Na home page você vai encontrar os aplicativos “novos e notáveis” e os destaques. Você pode ver a lista dos melhores aplicativos pagos e gratuitos. Você pode acessar sua conta e buscar por aplicativos. Assim como na iTunes App Store, cada aplicativo tem uma descrição e reviews de usuários.

A navegação não é lá grandes coisas. Não existe um botão “home,” mas você não terá problemas depois que dominar os botões de voltar e avançar.

Você não pode navegar na Mac App Store em outro dispositivo que não seja um Mac.

Comprando Aplicativos

A Mac App Store requer uma ID da Apple para as compras e os downloads de aplicativos da loja. (Um lembrete: se você receber o “Error 100″ quando tentar utilizar a loja pela primeira vez, significa que você ainda não concordou com os novos Termos e Condições que vieram com a versão.)

Não há necessidade de adicionar informações de pagamento, já que a App Store usa o que já está arquivado para suas compras do iTunes. Você pode também usar os cartões de presentes do iTunes.

É muito fácil comprar e instalar aplicativos. Basta um clique e está feito. Aparentemente a App Store não confere se você já possui o aplicativo, o que pode te fazer comprar algo que você já tinha instalado antes dela novamente.

Você pode ver uma lista dos aplicativos que você comprou e instalou. Novamente, como no iTunes, você pode verificar se algum de seus aplicativos tem atualização disponível, e se esse for o caso, você poderá atualizar todos os aplicativos ao mesmo tempo – um bom recurso para manter seus aplicativos atualizados sem ter muito trabalho.

O que está à Venda?

A Apple disponibilizou mais de 1.000 aplicativos no lançamento: loja está cheia dos aplicativos figurinhas carimbadas. Títulos bem conhecidos da Apple estão disponíveis: o iMovie e o GarageBand, por exemplo, custam US$ 14,99, e o Pages, o Keynote, e o Numbers custam US$ 19,90 cada. O Angry Birds está lá, custando US$ 4,99, assim como o Evernote e o Twitter, ambos gratuitos.

Implicações de uma Mac App Store

Será que a Mac App Store será uma bênção para os desenvolvedores do jeito que a iTunes App Store tem sido? Indiscutivelmente, os desenvolvedores terão uma exposição melhor através da loja. Mas é provável que a Apple mantenha as rédeas curtas na seleção de aplicativos que entrarão para a loja, alguns tipos de software como aplicativos de torrents ou “adultos” podem não entrar.

Usuários do Mac, vocês já testaram a nova App Store? O que você acharam dela?

 

0 responses to “Mac App Store: Nossas Primeiras Impressões

  1. Esse tipo de forma de proporciona a instalação e disponibilização de aplicativos pra sistemas operacionais não é novo. O Ubuntu possui a Central de Programas do Ubuntu desde a versão 9.10 (ou desde setembro de 2010) e oferece aplicativos pagos, gratuitos além de plugins e codecs diversos, entre eles Adobe Flash, MP3, DVD.

  2. Não é novo mesmo. Já tinha nos igadget, no mac um app chamado bodega e por aí vai. Mas isso não tirou o brilho do lançamento. Tirando o fail do erro 100 é tudo bem bacana. A unica coisa que vai ser interessante é acompanhar a mudança de preços no inicio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *