Mercado de M&A Esquentando no Brasil: Bolsa de Mulher e e-Mídia Anunciam Fusão

Depois da recente aquisição do Videolog pela SambaTech, temos mais uma grande aquisição no mercado de internet brasileiro.

O Grupo Bolsa de Mulher, um grupo de mídia focado no público feminino, do portfolio da IdeiasNet, acaba de anunciar sua fusão com a e-Mídia, companhia detentora dos sites Vila Mulher, Cyber Cook e Cyber Diet, referência em portais verticais. O resultado da fusão, negociada por quatro meses e anunciada para Outubro, posicionará o GrupoMulher.com como um dos gigantes do setor. A fusão representa ainda um importante movimento de consolidação para a indústria online no Brasil.

Com a expectativa de aumentar a audiência em 40% – hoje em 17,5 milhões de usuários únicos – em um ano e faturar R$ 40 milhões até 2013, o grupo nasce com um respeitável portfolio de soluções de negócios para o mercado publicitário, B2C e B2B.

O GrupoMulher.com terá como CEO Carla Esteves, hoje à frente do Grupo Bolsa de Mulher. Alexandre Canatella, atual CEO da e-Mídia, assume como COO, e Luiz Lapetina, atual CTO da e-Midia, será o CTO do novo Grupo. Com a fusão, a empresa passa a contar com 80 funcionários, divididos em três escritórios, localizados no Rio de Janeiro, em São Paulo e em Santos. A receita virá de publicidade (60%) e de outros modelos de negócios (40%), como comércio eletrônico, e-learning, licenciamento de conteúdo e plataformas, assinaturas de serviços, inteligência de mercado e aplicativos para plataformas emergentes, como vídeos e tablets.

O GrupoMulher.com terá 12 propriedades – Bolsa de Mulher, Vila Mulher, Cyber Cook, Cyber Diet, Bolsa de Bebê, Estrela Guia, Te Contei, Pink Adnetwork, iTodas, Bem Leve, Bolsa Gourmet e Movimento Rosa – e quatro unidades de negócios – Sophia Mind, Bolsa de Mulher Shop, Universidade Feminina e Bolsa TV.

“Através de pesquisa com usuárias do Bolsa e usuárias em potencial, descobrimos algumas oportunidades em termos de portfólio e a e-Mídia tinha as propriedades que melhor complementavam o Grupo Bolsa de Mulher. Outro ponto ainda mais relevante foi o baixo índice de duplicação na soma de nossas audiências, o que faz do GrupoMulher.com um dos gigantes no setor de mídia digital feminino do Brasil”, afirma Carla Esteves, CEO da nova empresa.

A fusão une dois empreendimentos pioneiros na internet brasileira, já que a e-Mídia começou suas atividades em 1997 e o Grupo Bolsa de Mulher em 2000, e reforça o posicionamento que as duas companhias conquistaram separadamente.

Para Alexandre Canatella, COO da nova empresa, “a companhia resultante desta fusão seguramente adiciona uma vantagem competitiva para seus stakeholders, unindo talentos de desenvolvimento e geração de produtos complementares acelerando a oferta de uma valiosa experiência online cada vez mais sofisticada para as mulheres e para o mercado”.

“Acreditamos ter reunido nesta fusão um conjunto único de acionistas, equipe de gestores e empreendedores com uma visão inovadora que posiciona o GrupoMulher.com como o principal player de mídia digital na Internet brasileira”, afirma Sami Haddad, Diretor de Relações com Investidores, da Ideiasnet.

“Muito mais que um movimento de consolidação do setor feminino, a fusão entre Bolsa de Mulher e e-Mídia não apenas define a companhia resultante como uma das gigantes do segmento, mas também passa a oferecer aos anunciantes soluções inéditas para conectá-los às 17,5 milhões de visitantes das suas propriedades”, diz Romero Rodrigues, sócio investidor da e-Mídia e CEO do Grupo Buscapé.

0 responses to “Mercado de M&A Esquentando no Brasil: Bolsa de Mulher e e-Mídia Anunciam Fusão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *