Startups: Ajam Rápido!

Nas palavras do lendário investidor Mark Suster, “Empreendedores não pensam, eles fazem.” Embora seja importante analisar sua decisão, também é importante agir quando a oportunidade bate à porta. Depois de pensar e discutir com empresários e investidores, ficamos maravilhados com a diferença entre a vida de um fundador de uma startup e a vida de um investidor. Fundadores gerenciam equipes e stakeholders com grande ênfase nas questões operacionais. Enquanto isso os investidores gerenciam empresas de seu portfolio que atuam em diferentes indústrias. O que eles possuem em comum é a determinação.

Em um post recente de Suster em seu blog, ele fala do valor da capacidade de tomar uma decisão rápida. O investidor reconhece que algumas empresas de seu portfolio não irão oferecer os retornos esperados. A capacidade de ser decisivo e ao mesmo tempo conseguir administrar sua margem de erro é exatamente o que mantém os dois mundos em funcionamento.

Segundo Suster, “Os melhores empreendedores têm uma propensão para a tomada rápida de decisões e aceitam o fato de que na melhor das hipóteses, apenas 70% dessas decisões serão corretas. Eles reconhecem que algumas decisões serão ruins e que eles terão de se recuperar delas. Construir uma startup pode ser um jogo minucioso, mas você não possui intervalos para parar e analisar todas as suas decisões.”

Embora seja importante estabelecer um roadmap de produtos, criar uma boa estratégia de negócios e estudar sua concorrência, não espere que tudo saia da melhor forma. Deixe espaço para uma margem de erro e não tenha medo de mudar subitamente de opinião caso sua empresa precise. Você não pode ser um fundador de uma startup sem correr risco algum. E se você for uma pessoas 100% segura e que não gosta da ideia de não ter o controle, você deveria levar em consideração a possibilidade de arrumar um emprego comum.

0 responses to “Startups: Ajam Rápido!

  1. Excelente artigo! Realmente nem todas as pessoas conseguem tomar decisões com a rapidez que as startups precisam. Considero que a pior decisão é a indecisão, certo ou errado, é pra frente que se anda, e não devemos ficar paradas se não temos opções melhores naquele momento.

  2. Excelente artigo! Realmente nem todas as pessoas conseguem tomar decisões com a rapidez que as startups precisam. Considero que a pior decisão é a indecisão, certo ou errado, é pra frente que se anda, e não devemos ficar paradas se não temos opções melhores naquele momento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *