O que Conta Mais no Twitter, Qualidade ou Quantidade?

Você vê isso em todos os lugares: seu amigo do Facebook tenta ao máximo que as pessoas “gostem” da página de sua empresa enquanto outro amigo pede para que você siga umas três contas no Twitter. Não importa se você tem 20 e poucos anos e eles estão falando sobre a vida do aposentado, todos sabem que quanto mais seguidores você possui, mais influência você terá, certo? Quem tem mais seguidores ganha, não é?

Errado. De acordo com a última pesquisa do HP Labs, não é necessariamente quantos seguidores você tem, mas se eles são usuários passivos ou ativos se tratando da divulgação de notícias.

Em uma entrevista o pesquisador Dr. Bernardo Huberman explica as questões examinadas no estudo da HP, dizendo que “Em um mundo onde todas as informações são crowdsourced, como isso tudo é estruturado? Existem zilhões de mensagens por aí, milhões de pessoas e, de alguma forma, algumas coisas acabam percorrendo todo o caminho até o topo e chama a atenção de muitas pessoas.”

“Há uma enorme quantidade de passividade na rede social,” Dr. Bernardo continua a dizer, explicando que algumas pessoas podem ter um número exorbitante de seguidores, mas nem tanta influência, enquanto outros possuem menos seguidores e muito mais influência.

O estudo conclui que “a correlação entre popularidade e influência é mais fraca do que se poderia esperar. Esta é uma reflexão do fato de que, para propagar a informação em uma rede, as pessoas precisam retransmiti-la para outros membros, assim participando ativamente sem ler passivamente e não agir sobre ela.”

Apesar desta afirmação, o relatório oferece uma lista top 10 de usuários do Twitter com mais influência, e nenhum deles possui menos de 40 mil seguidores, e alguns, como o @rww@google e o @breakingnews, com mais de um milhão de seguidores. A lista do top 10 contas: @mashable@jokoanwar@google@aplusk@syfy@smashingmag,@michellemalkin@theonion@rww e o @breakingnews.

A lista foi criada através de um algoritmo, que calcula a pontuação de “influência relativa e de passividade de cada usuário”, isso através da maneira como eles interagem com outros usuários, da influência que têm sobre outros usuários, e pelo “estudo da propagação de links da web com o tempo pelo Twitter.”

O relatório integral está disponível no Scribd.

0 responses to “O que Conta Mais no Twitter, Qualidade ou Quantidade?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *