Os Maiores #fails da Web de 2010

Fazemos o nosso melhor para lidar com as falhas da internet e dos sites, que podem ser incrivelmente frustrantes quando influenciam os principais canais de comunicação. Quando um serviço “cai,” geralmente o Twitter fica repleto de reclamações e perguntas – bem, a não ser que este serviço seja o próprio Twitter, então neste caso o Facebook pode ser o canal escolhido para reclamações.

Então, para analisar um ano que teve grandes colapsos, a empresa de monitoramento de sites Royal Pingdom postou sua lista dos maiores incidentes da Internet deste ano.

1. Um Fail Atrás do Outro da Wikipedia

Em Março a Wikipedia pagou caro por um fail que deixou o site mundialmente desativado por várias horas.

2. O Grande Crash dos Blogs do WordPress.com

O WordPress ficou desativado por 110 minutos no meio do mês de Fevereiro, a maior falha do serviço em quatro anos.

3. As Múltiplas Falhas do Gmail

Embora as falhas geralmente não afetarem todos os usuários do Gmail, o serviço de email teve várias interrupções neste ano, incluindo um tempo de inatividade de 2 horas e meia em Fevereiro, outro de 36 horas em Março e as 2 horas de problemas em Setembro.

4. A China redireciona a internet

Em Abril, a China Telecom supostamente espalhou rotas incorretas de tráfego para o resto da internet, fazendo com que a China fosse responsável por 15% do tráfego da internet por 18 minutos.

5. As quedas do Twitter durante a Copa do Mundo

O Twitter teve um crescimento incrível neste ano, mas o serviço ficou tão popular durante a Copa do Mundo que fez com que ficasse inativo, repetidamente.

6. Loop de feedback do Facebook

O Facebook ficou offline durante 2 horas e meia em Setembro, quando um loop de feedback sobrecarregou suas bases de dados.

7. O azar duplo do Foursquare

O Foursquare ficou inativo por 11 horas em Outubro. O culpado: problemas com os bancos de dados. No dia seguinte o site ficou fora do ar por mais seis horas, enquanto os engenheiros trabalhavam para consertá-lo.

8. Problemas com pagamentos do PayPal

Problemas com equipamentos de rede interromperam o serviço do PayPal por quatro horas e meia em Outubro.

9. O tombo do Tumblr

O Tumblr teve um ótimo ano, mas parte desse sucesso fez com que o serviço ficasse 24 horas fora do ar em Dezembro, deixando 11 milhões de blogs do Tumblr inativos.

10. O drama do WikiLeaks

O site do WikiLeaks experimentou seus próprios problemas durante o lançamento do seu documento mais recente, já que veio junto com vários ataques DDoS. O site, em seguida, foi para a Amazon Web Services, mas foi expulso rapidamente. Então o site perdeu o seu provedor DNS para o domínio Wikileaks.org. O site continua altamente alcançável através de seu endereço de IP e mais de 2.000 sites espelhos já surgiram. Mas os acontecimentos em torno do WikiLeaks não só interromperam o site da organização como também os da Amazon, do PayPal, Visa, Mastercard, EveryDNS e outros que foram alvos de ataques DDoS. “O drama do WikiLeaks é sem dúvida o incidente da Internet do ano,” disse a empresa Royal Pingdom.

Você acha que falta alguma coisa nesta lista? Acha que consegue pensar em algumas previsões de quais serão os maiores #fails de 2011?

0 responses to “Os Maiores #fails da Web de 2010

  1. Poderia ampliar a lista para alguns casos brasileiros, como o Migre.me (caso interessante pela maneira como a empresa tocou o processo).

    Ou também o lançamento do site do carrefour, que no primeiro dia ficou fora do ar.

  2. Faltou:

    1) Locaweb, que depois culpou a Red Hat, que informou que a Locaweb nem é cliente deles;

    2) Migre.me;

    3) Skype, que ficou fora do ar por quase 2 dias inteiros em dezembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *