Quem Adere? Movimento "Salve o Google Wave"

A notícia do fim do Google Wave surpreendeu grande parte da comunidade tecnológica. O serviço estava disponível há apenas um ano e tinha acabado de se juntar ao Google Apps.

A Google afirmou que não viu grande adoção do serviço. Isso pode ser verdade, mas parte da comunidade não está nada satisfeita com a decisão da Google.

A decepção foi tanta que um grupo foi criado: “Save Google Wave“, um site dedicado a manter o Google Wave de portas abertas.

O site oferece diferentes maneiras para que as pessoas expressem seu apoio para o Google Wave. Até ontem, mais de 20.000 pessoas “gostaram”  da iniciativa de salvar o serviço. A conta do Twitter possui mais de 500 seguidores, mais de 400 pessoas deram retweet do site e mais de 100 votaram na notícia no Digg.

Ah, e você pode comprar uma camisa ou um button. Não estamos certos para que serve isso, talvez para dar aos desenvolvedores um pouco pelo seu trabalho de aumento da sensibilização popular. Ajudaria se eles fornecessem algum tipo de declaração.

Esses números não são impressionantes. Mas o mais esclarecedor são os emails de apoio ao Google Wave. Vários tipos de pessoas já enviaram, incluindo um físico, um estudante que está colaborando com um romance de sua namorada e um desenvolvedor de software.

“Sou um estudante de tecnologia e tenho trabalhado num romance de ficção nos últimos meses. Colaboro com a minha namorada com a história que se passa no mundo inteiro. O Google Wave é uma ótima maneira para adicionar, editar, argumentar, discordar e elaborar partes da história, tudo junto e em tempo real. Até hoje não vi nenhuma outra ferramenta que possa fazer isso. Eu adoro o serviço. Com certeza está à frente do seu tempo, e eu acho que vale a pena esperar para as pessoas descobrirem mais maneiras de usá-lo com o tempo.”

O Save Google Wave mostra a influência que uma grande empresa como a Google pode ter. A Google está lançando grande parte da tecnologia na comunidade open-source. Infelizmente, muitos dos adeptos podem não ser tecnicamente instruídos para desenvolver um serviço usando os componentes open-source. Mas talvez esses adeptos sejam muitos, o suficiente para fazer com que a Google ao menos pense um pouco mais sobre o impacto que tem quando um de seus serviços acaba.

0 responses to “Quem Adere? Movimento "Salve o Google Wave"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *