Rede Globo Pretende Cobrar Mais Caro dos Anunciantes que Divulgarem Canais de Redes Sociais nos Comerciais

Recentemente a Rede Globo encaminhou, através de suas afiliadas, um comunicado para o mercado publicitário que pegou o pessoal (e a gente) de surpresa. Segundo a emissora, os comerciais não podem mais mencionar suas redes sociais, e caso isso seja feito, um valor a mais será cobrado pela multiplicidade.

O blog Eutedisse deu o exemplo de um comercial do Santander, que “se em seu anúncio for colocado a marca ou o endereço twitter.com/santander ou facebook/Santander, isso será cobrado como multiplicidade. O uso do endereço do Twitter é o que sofre menos impacto, pois poderá ser usado @santander sem custo adicional.”

A Globo foi mais longe do que esperávamos. As mídias sociais eram utilizadas como um gancho para as mídias tradicionais, mas o jogo está mudando. Os principais eventos como jogos, lutas e shows são discutidos por dias nas redes, principalmente depois de terem acontecido. Esta restrição é perigosa para a emissora, já que o futuro da TV pode depender do relacionamento entre as mídias tradicionais e sociais. A emissora deveria é incentivar esse tipo de divulgação, mas pelo visto a empresa prefere apenas aumentar sua receita a curto prazo.

Será que isso vai prejudicar a emissora? Os anunciantes vão deixar de divulgar na Globo ou será que as outras emissoras irão seguir a gigante brasileira?

0 responses to “Rede Globo Pretende Cobrar Mais Caro dos Anunciantes que Divulgarem Canais de Redes Sociais nos Comerciais

  1. Ta certo, nada mais justo, as redes sociais além de um canal forte de distribuição de conteúdo e comunicação, está se tornando um grande concorrente das empresas que veiculam conteúdo publicitário no Brasil, seja ele impresso ou digital! Eu cobraria, alias estão divulgando a concorrência de graça…

  2. Discordo do Gizar.
    Não vejo as redes sociais como concorrentes das emissoras, e sim mais um veículo de integração, assim como acontece há mais tempo com os blogs. A própria Globo utiliza o Twitter em alguns programas, em especial os esportivos.
    Ir na contramão da tendência parece ser meio arriscado, mas só resta esperar pra ver…

    Abraços.

  3. Visto que a Sra. Microsoft já uma das maiores acionistas da Rede Globo, talvez tenha partido dela esta iniciativa, pois até o momento mesmo após a inclusão do Yahoo ao Grupo Microsoft a dona do windows ainda não emplacou nada de rede sociais no mercado, talvez venha outra coisa pro trás desta atitude, lembrem-se esconder um jogo pode revelar outro mas para a frente, como é o caso da Gigante Google que não consegue emplacar o ORKUT no mundo, pegou no brasil, mas esta febre já passou, ou melhor a dor de cabeça deles esta piorando com a valorização do Twitter e Facebook crescendo.

  4. É um absurdo isso. A globo se mostra cada vez mais um canal quadrado e sem visão de futuro! Se a TV quer sobreviver, ela tem que ser social! As marcas tem que ser sociais, não tem como impedir ou monetizar esse tipo de divulgação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *