O ecossistema de aplicativos móveis está prosperando. De acordo com a Gartner, a receita de aplicativos móveis no mundo todo irá ultrapassar US$ 15 bilhões em 2011. A empresa ainda revelou que 80% dos aplicativos móveis são gratuitos. A Distimo relatou que só em Dezembro de 2010 os 300 melhores aplicativos gratuitos geraram mais de 3 milhões de downloads, dez vezes mais que os aplicativos pagos.

Mas, se os desenvolvedores estão fazendo aplicativos gratuitos, como eles ganham dinheiro?

Esses desenvolvedores monetizam seus aplicativos com anúncios e compras nos próprios aplicativos, e também com versões freemium.

Hillel Fuld, gerente de marketing da inneractive (empresa que ajuda desenvolvedores móveis a gerar mais receita com seus aplicativos), deu algumas dicas sobre o que funciona para monetização com anúncios móveis.

Anúncios Móveis 101

Os conceitos seguintes são cruciais no entendimento dos anúncios móveis:

  • eCPM (Effective cost per mille – custo efetivo a cada mil impressões): A receita que o desenvolvedor recebe por cada 1000 impressões.
  • CTR (Click-through rate – taxa de cliques): Esta taxa é obtida pela divisão do número de usuários que clicaram em um anúncio pelo número total de impressões do mesmo. O fator principal de um CTR alto é a relevância do anúncio e a estratégia de posicionamento do anúncio. Para aumentar a relevância dos anúncios, a campanha deve ter uma natureza local: Você quer exibir anúncios para seus usuários em sua língua nativa, e o tema do anúncio deve ser relevante ao tipo de aplicativo em que ele é exibido. Em termos de estratégia, a localização e o formato (banner vs. texto) do anúncio também têm um efeito significativo sobre o CTR geral. Para isso, é importante que você trabalhe com uma empresa que vá orientá-lo no processo de integração para maximizar os efeitos dos anúncios.
  • Global Fill Rate: A porcentagem do total de anúncios que correspondem aos anúncios efetivamente vendidos, sem “calhaus”, ou anúncios exibidos para preencher espaços vazios. Devido a diversos fatores, em alguns casos, os anúncios não serão exibidos, ou um “house ad,” ou um anúncio de auto-promoção, vai aparecer em seu lugar. Se o seu aplicativo tem um global fill rate de 100%, dos quais 60% são house ads (neste caso, um número comum), você está deixando 60% da sua receita potencial na mesa. Na verdade, um global fill rate menor com todos os “anúncios pagos” é mais eficaz do que uma taxa alta com house ads. Então, não se deixe enganar por um fill rate alto; os anúncios pagos são os únicos que contam.

Games Geram mais Cliques

Vamos começar com os tipos de aplicativos. Dentre os 300.000 aplicativos do iOS e os 200.000 do Android, existem muitas categorias; games, utilidades, ferramentas, aplicativos sociais, entretenimento, e muitos outros. Cada categoria tem resultados diferentes quando se trata da sua CTR.

As estatísticas indicam que em termos de CTR, as categorias seguintes são as melhores para os desenvolvedores:

  • Entretenimento
  • Ferramentas
  • Esportes
  • Arcade e Ação
  • Notícias e Informações
  • Quebra-cabeças e Enigmas

Sabemos que os games (que se encaixam tanto na categoria de Entretenimento como na categoria Arcade e Ação) produzem um CTR maior, o que não é muito surpreendente já que o usuário tem mais chances de se envolver com anúncios que são exibidos entre os níveis do jogo ou na tela do “Game Over,” por exemplo. Se o seu aplicativo é social ou um aplicativo eBook, outras fontes de receitas, como as compras in-app, podem ser mais relevantes.

Os Países com Altos Índices de CTR

Geograficamente falando, os sete países a seguir produzem um CTR relativamente alto, e os anunciantes reconhecem a qualidade dos cliques nos seguintes lugares, pagando mais pelo clique:

  • EUA
  • Inglaterra
  • Itália
  • Espanha
  • África do Sul
  • França
  • Austrália

Os desenvolvedores devem levar em consideração esses países (se possível) quando desenvolverem seus aplicativos. Isso inclui traduções do aplicativo para as línguas relevantes e campanhas de marketing segmentadas para esses países específicos.

Mais Dicas para Obter mais Tração em seus Aplicativos

Essas dicas são fundamentais para maximizar a receita do seu aplicativo, mas existem outras dicas que podem ser úteis para ganhar tração.

  • Envolva a sua audiência com promoções e atualizações freqüentes. Isso mantém o seu público leal e interessado. O exemplo óbvio disso é o Angry Birds com atualizações constantes.
  • Desenvolva um cross-platform. Apesar do buzz em torno dos dois sistemas operacionais principais, é bastante eficaz desenvolver um aplicativo cross-platform que suporta outros sistemas operacionais como o Symbian e BlackBerry. Na verdade, temos informações de que estas plataformas têm CTRs mais altos, já que os usuários não são tão “cegos para anúncios” como os usuários do iPhone e Android. De modo geral, a comunidade de early adopters da tecnologia prestam menos atenção nos anúncios do que outros tipos de usuários.
  • Crie aplicativos nativos e para a web. Os aplicativos nativos são mais robustos e ágeis, mas os aplicativos web usam o HTML5, gerando uma resposta positiva da sua audiência. No entanto, para os jogos, o modelo nativo funciona melhor com um tempo de resposta mais rápido e uma experiência geral mais robusta.
  • Permita o compartilhamento. Dê ferramentas aos seus usuários para que eles compartilhem facilmente seu aplicativo através de suas plataformas sociais. Adicione algumas opções integradas para tweets ou para compartilhar o aplicativo no Facebook. Isso é um método muito eficaz para espalhar seu aplicativo pela web. Temos alguns bons exemplos com aplicativos de notícias e informações que possuem a opção de dar RT no artigo, e este RT terá o nome do aplicativo.

No espaço móvel super competitivo de hoje os desenvolvedores precisam de uma vantagem para chegar à frente da concorrência. Esperamos ter ajudado.