Samba Tech anuncia SambaAds. Uma rede de publicidade em videos focada na América latina

Recentemente divulgamos por aqui o joint venture da startup especializada em vídeos Samba Tech com a australiana Adstream (você pode ler as informações clicando aqui). Agora, a empresa anuncia o lançamento da sua Rede de Publicidade em video, a Samba Ads. A empresa começa a oferecer uma oportunidade interessante para anunciantes que desejam aparecer em alguns dos maiores portais brasileiros.

Os anúncios em vídeos trazem muito retorno para os anunciantes. De acordo com Márcio Figueira, o retorno nos vídeos ads estão entre 15% e 20%, já nos banners, a média é de 0,10% e 0,15%.

A Rede da Samba trabalha com 3 pilares para os Anunciantes:

Os publishers também terão algumas vantagens, segundo o blog da empresa:

  • Anúncios Premium: A empresa garante que os anúncios que tocarão nos vídeos serão de grandes marcas e anunciantes.
  • Fonte de Receita: Video Advertising é uma das formas de publicidade que mais crescem no mundo.

A equipe da rede de publicidade conta com oito profissionais, localizados em São Paulo, que são responsáveis também pelas demandas da América Latina, juntamente com o escritório da Samba em Buenos Aires. A empresa estima um faturamento de R$ 2 milhões para o primeiro ano com o Samba Ads.

A Samba Ads já é uma das maiores Redes de Publicidade com foco em vídeos online da América Latina e já conta com diversos publishers que abrangem todo o território nacional – principais grupos de mídia, segmentos de nicho e times de futebol do Brasil, que já são clientes da Samba. Desses grandes clientes, um case em especial publicado no site da empresa chamou a atenção. Trata-se do Peixe Urbano. De acordo com o case, com a estratégia da Sambaads, mais de 55.000 pessoas interagiram com a publicidade nos vídeos online, além disso, 350.000 tiveram acesso aos anúncios veiculados. A campanha atingiu uma média impressionante de 15% de CTR.

0 responses to “Samba Tech anuncia SambaAds. Uma rede de publicidade em videos focada na América latina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *