Top 10 Startups Brasileiras de 2010

É, 2010 foi um ótimo ano para as startups brasileiras. Acompanhamos durante o ano  algumas startups brasileiras, ganhando destaque lá fora, levantando capital, atingindo milhões de usuários, ou mesmo fechando uma aquisição por um grupo maior.

Decidimos escolher as 10 startups que fizeram barulho durante o ano e mereceram a atenção que causaram. Lembrando que a ordem é aleatória, nada de competição por aqui, até mesmo porquê o prêmio seria só um parabéns e feliz ano novo!

Organizze

O Organizze foi fundado no ano de 2009 e em Março deste ano lançou seu aplicativo móvel para iPhone e iPod Touch. Dentre os serviços do mercado local de finanças pessoais analisados, é o que possui a interface mais amigável. Estamos curiosos para saber os planos da empresa para 2011.

Deskmetrics

A DeskMetrics é um dos fenômenos do ano. Se trata de uma startup brasileira que oferece serviços e ferramentas de analytics em tempo real para ajudar os desenvolvedores a identificar como os usuários estão usando seus aplicativos de desktop. Em apenas três meses conseguiu destaque no site de tecnologia gringo TechCrunch e na semana passada já conseguiu levantar US$ 200.000 na sua primeira rodada de investimento.

Peixe Urbano

O Peixe Urbano “só” foi o pioneiro no mercado brasileiro de compras coletivas. Muitos mencionaram o adjetivo “clone” quando falavam do Peixe Urbano, mas eles não esperavam que o serviço seria disseminador da febre das compras coletivas. Foi criado em Março de 2010 e deu muito o que falar na comunidade de tecnologia.

Mailee.me

O Mailee.me é um serviço gaúcho que oferece uma consistente plataforma de email marketing, desenvolvida pela Softa. Interface consistente, funcionalidades bacanas e muitos outros aspectos positivos. Pode parecer engraçado uma startup de email marketing estar entre as top do ano, mas acredite, eles realmente tem uma qualidade que nenhuma outra empresa deste mercado oferece por aqui.

Eles foram o vencedor do Tire do Papel 2010, e se ele conseguiu deixar o júri do evento de boca aberta (e nós estávamos lá!), merece estar nesta lista.

Save me

O antigo Zip.me foi o primeiro agregador de ofertas de compras coletivas do Brasil, e chamou tanta atenção que o BuscaPé comprou 75% da empresa. O serviço então mudou seu nome para Save Me e começou a seguir a mesma linha de negócios do BuscaPé, buscando encontrar seu modelo de negócios e crescendo com velocidade.

eBehavior

Assim como o Zip.me, o eBehavior, uma startup de marketing behavioral, foi comprada pelo BuscaPé, e também foram negociados 75% da startup. O negócio da eBehavior é oferecer tecnologia para lojas online que ajudem a entender o gosto de seus consumidores e sugerir compras que estejam de acordo com seu perfil.

BTBuckets

O BTBuckets agrupa usuários com características de navegação similares em segmentos definidos de acordo com seu comportamento. O BTBuckets está na lista por ter como objetivo ser um WebbApp Brasileiro Global, ganhando destaque em eventos como o Google I/O e estar focando em um mercado maior que apenas o Brasil.

MoIP

O serviço de pagamentos online MoIP criou a primeira API de pagamentos do Brasil, o MoIP Labs, feita para que desenvolvedores de aplicações web possam integrar cobranças e remessas de pagamento direto em suas aplicações, sem a necessidade de integrações HTML. Surpreendeu toda a comunidade tecnológica local, carente de serviços de pagamento de qualidade, acostumada a precariedade dos meios de pagamentos locais. Neste ano, o Paypal anunciou estar chegando, e estamos curiosos para ver como a Startup enfrentará a competição.

Vostu

A Vostu, a principal empresa de jogos sociais aqui no Brasil (não que ela seja genuinamente brasileira, mas quase) e também chamada de Zynga brasileira, teve destaque durante o ano ao receber uma rodada de financiamento da Tiger Management com participação também da Accel Partners. Pela última rodada, a avaliação da Vostu já é de cerca de US$ 300 milhões.

Fairplace

A Fairplace, uma startup que viabiliza micro empréstimos através da internet, foi lançada em Março deste ano e durante o ano conseguiu conquistar a atenção da comunidade tech. A startup trouxe para o mercado local uma nova forma de concessão de crédito pessoal utilizando-se apenas da internet e sem intermediação bancária. Apesar de alguns problemas com o Ministério público e nossa obsoleta legislação, gostamos muito do conceito e apostamos no seu potencial.

E aí pessoal, o que acharam da nossa lista? Concordam com nossos escolhidos? Esquecemos de alguém? Não deixem de comentar!

32 responses to “Top 10 Startups Brasileiras de 2010

  1. Parabens pela lista!

    E uma signa otimo para nossa ecosistema que temos mais de 10 empresas que merecem ser mencionando! 🙂

    Algumas outras empresas que eu acho merecem ser mencionado:
    – SambaTech (que fecho uma parceria historic com Google)
    – Boo-Box (que recebeu um investimento de Intel Capital)
    – Apontador (que vai receber novo capital)

    E com certeza temos muito outros tambem!

    Feliz Ano Novo para todos!

    Um abraco,

    Simon 🙂

  2. BTBuckets e DeskMetrics pra mim são o mesmo que Google Analytics, ou estou doido?

    Sem falar que BTBuckets uma vez que colocou um site, nunca mais poderá alterar, eu pelo menos não achei onde deletar ou editar, cuidado pra não digitar errado.

  3. Fabiano, Cafe Mania (jogo da Vostu) tem mais accesos por semana que qualquer outro jogo dentro do Orkut. A Vostu tambem tem o segundo jogo mais accesado do Orkut – Mini Fazenda. Mentez somente publica jogos de chineses. #FATO

  4. Rafael Sachetto, está quase doido! rs.

    A DeskMetrics é um “Google Analytics” mas para softwares desktop. As métricas são diferentes 😉

    Por exemplo:
    – Usa Skype? Será que eles usam DeskMetrics?
    – Usa Windows Live Messenger? Pode ser cliente da DeskMetrics…
    – Usa Google Chrome? Também pode ser cliente…
    – Até o pessoal do Internet Explorer pode utilizar o analytics da DeskMetrics para entender melhor o usuário e, quem sabe, aumentar a utilização do software 😉

  5. @Rafael Sachetto: Embora o btbuckets te de um relatório de acessos por buckets (segmentos), não é a mesma coisa. O legal dele são os targets, que dependendo do comportamento do usuário você pode mostrar uma página diferente, como por ex. se o cara for dos EUA, você automaticamente mostra a página em inglês. O legal é quando você integra com admanagers como o dart double click. Sem contar que ele tem integracões legais com o google analytics, google adwords, wordpress e outros.
    Com relacão a não poder mudar o site é realmente chato. Mas é só mandar um email pra eles que eles mudam, e me explicaram que ao menos por enquanto, não é usado pra muita coisa, e o que vale mesmo é o seu ID.

  6. A Mentez é horrível, péssimo atendimento, muito enrolados e não se entenderam bem com o meio de pagamento via pagseguro, o que fez que algumas (várias) compras demorassem ate 3 meses pra serem creditadas no jogo. Enquanto isso, a Vostu usa pagamentos diretos integrados com os cartões e os saldos são atualizados na hora. Ponto pra Vostu.

  7. Quanto as outras indicações não conheço para opinar.
    Mas o MOIP é um verdadeiro lixo!!!!!
    O atendimento e os funcionários tem má vontade.
    E eles cobram taxas para administrar as vendas, mas quando acontecem chargebacks eles debitam do vendedor que paga para eles, não cobram a pessoa que “não reconheceu a dívida = agiu de má fé”.
    Nem ao menos avisam pro vendedor, simplesmente debitam o valor da conta, e pronto.

    Não recomendo. Quem quiser tentar fique a vontade, e quando se decepcionar…

  8. Trabalho com o MoIP e acho que é o melhor serviço desse tipo no Brasil, nunca tive problemas, quando vendi e o comprador pagou, recebeu o serviço e depois reclamou, o trato do MoIP foi perfeito.
    Além disso o meu cliente faz apenas um cadastro básico para realizar o pagamento.

    Sobre os top 10 perfeito! acredito que a BooBox deveria ter entrado

  9. Haha, impressionante como tudo no brasil acaba virando briga de torcida.
    Parabéns a todos que sairam no Top-10.
    E parabéns a todas as outras citadas aqui.
    O mercado brasileiro de startups ta crescendo, e quero ver cada vez mais startups sendo citadas por aqui.

  10. Interessante que nenhum dos listados acima tem negócios ligados aos Eventos de classe mundial, Copa do Mundo e Olimpíadas.

    Temos 2 gargalos no Brasil, Logística e Segurança, em ambos temos propostas inovadoras, com Tecnologia de ponta só disponível fora do Brasil.

  11. Primeiramente, parabéns a todas as startups que estão no top10. O que me deixa mais feliz disso tudo , é que existem diversas outras startups que poderiam estar “no jogo”. É o caso do olho no click (que teve a ousadia de leiloar um apartamento de R$ 250.000,00 no final de 2010) e o apontador que tem conquistado um espaço altamente significativo no mercado disputado por empresas como google, foursquare e gowalla.
    2010 foi um marco para o empreendedorismo brasileiro, apesar do Brasil estar diversos anos atrás comparado ao exterior, existe um pessoal altamente comprometido a instruir novos empreendedores através de eventos como: Bate papo sobre e-commerce, Startup Weekend e BR New Tech.
    O mais importante disso tudo é que daqui a algum tempo, o aluno que estiver saindo da faculdade poderá ter uma nova opção em sua vida, ao invés de ser um estagiário em uma grande empresa, iniciar seu próprio negócio e, quem sabe, no final do ano esta lista não esteja repleta de novos empreendedores (ex-)universitários.

    Excelente post.

  12. Não tive intenção de tornar isso em briga de torcida. Só dei minha opinião como usuário do Moip, inclusive tendo trabalhado efetivamente com a empresa por mais de 6 meses.
    Também não estou aqui para convencer ninguém, apenas alertar!
    “Eder”: Não adianta funcionários da própria empresa criarem usuários fakes, pra fazer a defesa com mentiras.
    As pessoas são livres para aderirem ao serviço, e constatarem por conta própria a grande propaganda enganosa que se chama: Moip.
    Pra mim terminou, minha parte está feita.

  13. Pingback: mypsychicadvice

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *