Twinester Lança sua Plataforma de Publicidade, o Tweetlivery


A startup brasileira Twinester é uma aplicação para o Twitter que permite que você, crie , participe e interaja com usuários de interesses comuns aos seus. Similar as listas de Twitter, o serviço visa agregar pessoas por tópico, mas com um enfoque um pouco diferente. Nas listas do Twitter você apenas categoriza pessoas em uma ação unilateral, pois é você mesmo que escolhe quem vai incluir na lista, baseado nos seus critérios. Já nos nests, as pessoas decidem se tem ou não o interesse de participar de cada uma das suas listas, ou “nests”.

Segundo André Romani, CEO do Twinester, a startup recebeu um email com elogios do co-Fundador e CEO do Twitter, Evan Williams (@ev).

Agora eles acabam de anunciar sua plataforma de publicidade e modelo de negócios, chamada Tweetlivery. O Tweetlivery entrega os tweets dos anunciantes clientes em todos os Nests pertinentes ao seu segmento, como negócios, esportes, tecnologia e outros.

Basicamente funciona assim:

1 – A empresa faz um tweet na conta do twitter dela;
2 – O Tweetlivery recebe os tweets escolhidos da empresa;
3 – Este tweet é entregue nos nests da categoria pertinente ao segmento da empresa

Veja um screenshot abaixo:

Pegando carona no lançamento do serviço do Twinester, gostaríamos de saber a opinião de vocês, leitores. Existe espaço para plataformas que dependem exclusivamente do twitter crescerem e caminhar rumo a monetização? Aplicativos como o Tweetdeck já estão diversificando suas funcionalidades e agregando outros serviços como o Facebook, para não depender exclusivamente do Twitter. O que você acha? Será que a tentativa de monetização do Twinester será bem recebida? Deixe sua resposta nos comentários.

0 responses to “Twinester Lança sua Plataforma de Publicidade, o Tweetlivery

  1. Eu acredito que, inicialmente, pode ser uma boa 'depender' do twitter/facebook enquanto levanta um capital para alavancar sua Satartup. Mas, com o tempo é importante que essas startups diversifiquem a ponto de se manter com as 'próprias pernas', não dependendo de nenhuma plataforma. Nunca se sabe o que poderá acontecer.

    [off-topic] Também estou desenvolvendo uma App baseada no Twitter, devo está lançando o serviço dentro de 1 a 2 meses, estou animado. [/off-topic]

  2. Essa tal de monetização é simplesmente obter receita a partir de uma oferta de produto ou serviço. “Monetização de sucesso”, portanto, é subjetivo – quanto um produto monetiza ou não de forma suficiente? Em relação ao Twinester:

    – um serviço como esse monetiza? Sim.
    – é uma monetização sustentável, por muitos anos? Não.
    – paga os custos dos empreendedores? Talvez pague…
    – monetiza o suficiente para inspirar um VC? Provavelmente não.

    Quando um empreendedor me mostra um serviço novo na Aceleradora e me pergunta pelo potencial de monetização, eu retorno a pergunta e peço a real opinião dele. Normalmente, ele responde “Sinceramente, eu acho que não”.

    Dificilmente alguém tem uma resposta pronta e forte como “Claro, veja porque: (…)”. Ia ser legal saber a resposta direta do @Andreromani e Christian Aléssio… 🙂

  3. Claro, veja porque… 🙂

    @yurigitahy Sinceramente eu acho que sim .

    Talvez hoje a dificuldade para o Twitter implementar seu modelo de negócios é encontrar a segmentação de seus usuários, seus gostos bem crivados, separar o joio do trigo num emaranhado de tweets sobre tudo, mundos de links.

    O Twinester faz isso por natureza, segmenta por nests, um complemento ao Twitter.
    O alicerce para uma empresa (re)conhecer, encontrar, seu cliente em redes socias (facebook, orkut), são as comunidades ou grupos que ele particpa. Uma seleção onde ele mesmo (usuário) se denomina ou auto-intitula suas preferências (aí a diferença dos nests do twinester para as lists do Twitter)

    A principal forma de publicidade no Twitter, é o proprio Twitter.
    O problema é como levar seus tweets, para pessoas que tem o perfil do seu produto.

    Nós procuramos resolver esse problema, ao invés dos clientes irem ao encontro do seu @ (que eles nem tem certeza que existe) você os encontra, entrega seus tweets num local de prováveis interessados, Tweetlivery.

    Um ponto muito importante, é que o Twitter como meio de publicidade funciona muito mais para criar relacionamento do que para a venda direta. Primeiro você mostra porque seu produto é bom, depois vende.
    Consumidores prezam por isso e esse deve ser o principal pensamento de uma empresa que pretende adentrar ao mundo das redes sociais.

    Startups famosas ainda não descobriram o que há no fim do arco-iris e muitas outras também receberiam negativas de VC.

    Quem apostaria nos rascunhos do Twitter?

    Um Abraço

    Fico a disposição.

    André M. Romani
    aromani@twinester.com

  4. Oi André, legal você ter aparecido 🙂 Gostei da sua resposta, mas faltou um restinho…

    – os clientes vão te pagar quanto, por qual quantidade, e do quê?
    – o que faria o cliente tirar a mão do bolso e apertar “Confirmar pagamento” ao remunerar você?
    – vocês já têm alguma receita hoje? Como chegaram até o cliente?

    Monetização é dinheiro… entende? Não estou falando do potencial da idéia, ou do potencial da demanda… Estou falando do potencial de monetização – quantos R$ você ganharia por usuário pago, ou quantos R$ de publicidade para cada X tweets que aparecem nos nests… E daí traçar o potencial de monetizar a idéia no tempo.

    Consegui deixar mais claro? 🙂

  5. Tudo perfeitamente claro, novas perguntas.

    Monetização na sua outra pergunta estava contextualizada como:

    “simplesmente obter receita a partir de uma oferta de produto ou serviço”

    Essas são novas perguntas agora mais ligadas a R$ valores,00

    Sobre valores, especificamente, podemos falar no tweetlivery@twinester.com

    Abraço

  6. Tudo perfeitamente claro, novas perguntas.

    Monetização na sua outra pergunta estava contextualizada como:

    “simplesmente obter receita a partir de uma oferta de produto ou serviço”

    Essas são novas perguntas agora mais ligadas a R$ valores,00

    Sobre valores, especificamente, podemos falar no tweetlivery@twinester.com

    Abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *