Vem Aí os Sites Exclusivos para Usuários do iPad

O Wall Street Journal e a Rádio Pública Nacional Americana (NPR) anunciaram que vão lançar sites personalizados e exclusivos para o iPad no mês que vem, assim que o novo dispositivo da Apple for disponibilizado para venda. Ambos os sites irão automaticamente detectar quando os usuários estiverem em seus iPads e então, uma versão especial do site será revelada, personalizada exclusivamente para o iPad. A diferença dessas versões para a versão padrão será a que a versão para os usuários do iPad não possuirá nenhum elemento utilizando a tecnologia Flash da Adobe.

Site da National Public Radio: Nada de Flash

Segundo relatos da MediaMemo, a NPR está removendo todos os vestígios da Adobe Flash da versão exclusiva de seu site para o iPad. Embora muitos sites de notícias usem Flash para mostrar apresentações multimídia e conteúdo de áudio e vídeo, a NPR em particular iria ser muito afetada pela recusa da Apple no suporte ao flash de seu novo dispositivo. Isso porque uma característica chave do site da NPR é seu player de áudio em flash, algo que está presente em quase todas as páginas do site.

Kinsey Wilson, vice-presidente sênior e gerente geral da NPR Digital Media, afirmou que seus desenvolvedores decidiram resolver o problema implementando um player HTML5. Wilson também mencionou que a empresa tem um patrocinador exclusivo de lançamento para o site do iPad, já que ele não irá suportar anúncios desenvolvidos em Flash.

Wall Street Journal: Página Principal sem Flash

O WSJ também está construindo uma versão de seu site exclusiva para o iPad, na verdade uma página principal para o iPad. Diferente do site da NPR, que terá ausência total de Flash, os visitantes do WSJ que vasculham o site inteiro logo irão perceber que nem todas as páginas do site foram convertidas. Navegando pelo site em seu iPad eles vão encontrar a detestada “caixa azul” com um símbolo que representa conteúdo em Flash, indisponível para seu dispositivo.

Ainda não há nenhuma demonstração disponível destes sites, então não sabemos como eles estão adaptando realmente para os visitantes com iPads. Ou seja, pode ser que sejam réplicas da versão padrão do site com o conteúdo Flash removido, ou um design totalmente novo.

Será o Começo de uma Nova Tendência?

Com essas duas importantes empresas de mídia fazendo este tipo de mudança, não é difícil imaginar que outras em breve seguirão o exemplo. Os usuários do iPad certamente irão gostar das adaptações, claro, menos da conhecida “caixa azul”, mas a necessidade de várias versões personalizadas do mesmo site pode vir a ser um fardo para as empresas que precisam atingir um público maior.

Hoje, as empresas já são praticamente obrigadas a criar um site tradicional, um site mobile, e às vezes, um site mobile personalizado apenas para usuários do iPhone. Agora surge a necessidade de um site exclusivo para o iPad e em breve haverão necessidades de outros dispositivos. Já existem notícias que a Amazon está trabalhando em um novo navegador apenas para o seu Kindle. Será esse outro motivo para se fazer mais um site personalizado?

Várias Versões do Mesmo Site!

A fragmentação do ecossistema de aplicativos mobile não ajuda muito, já que os desenvolvedores têm diversas plataformas, desde o iPhone, Android, Palm, Windows Mobile, incluindo também o novo Windows Phone 7 Series, Symbian, Blackberry e mais. Será que agora eles terão que adaptar dispositivos também?

A web deveria ser uma plataforma unificadora que funciona em qualquer lugar e dispositivo, sem restrições de hardware. Mas graças a diversificação das telas e dos diferentes sets de recursos, aqueles que querem fornecer conteúdo para todos seus visitantes serão obrigados a recodificar seu site várias vezes. Os publishers sem recursos para fazê-lo terão que fazer uma escolha difícil, remover o conteúdo sem suporte e as mídias pesadas para o uso mobile, ou deixá-los e arriscar perder sua audiência de usuários mobile. É uma escolha que ninguém quer fazer, mas infelizmente, quem não possuir renda ou apoio, terá que pensar muito para tomar esta decisão.

Outra dúvida que fica é a seguinte: Com a onda dos diversos publishers adaptando seus serviços para o iPad lá fora, será que esta moda pega por aqui? Será que veremos algum portal ou grande site com layout adaptado para o iPad? Estamos curiosos para saber.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *