Venda do Mundi: Os Comparadores de Preços Estão na Moda

mundiPelo menos no mercado brasileiro. Foi anunciada ontem a venda do comparador de preços Mundi, que atua no segmento de tarifas de hotéis e passagens aéreas. A Globo Comunicação e Participações S.A., detentora do canal TV Globo, do portal Globo.com e da gravadora Som Livre, adquiriu o serviço por um valor mantido em sigilo, infelizmente.

A história do Mundi é recente: o site foi lançado há apenas um ano, mas tem por trás uma história de sucesso. Os sócios Guilherme Pacheco, José Guilherme Pierotti e Roberto Malta são fundadores do site Bondfaro. Para quem não lembra, o Bondfaro foi adquirido pelo Buscapé – outro serviço brasileiro de comparação de preços, recentemente incorporado ao grupo de mídia Naspers por 342 milhões de dólares.

A Globo resolveu se aventurar neste mercado, encarando grandes players do segmento de comparação de preços de passagens e hotéis como o Submarino Viagens e o Melhores Destinos, seguindo a mesma estratégia de seu concorrente, a Naspers. Com esse investimento, o objetivo é fazer com que a nova holding Mosaico Negócios de Internet S.A. crie novos negócios de internet, seja internamente ou através de novas aquisições, e possa assim se consolidar como mais um fundo de investimento por trás de uma grande marca.

alexa

O Mundi teve seu primeiro aporte de capital realizado pelos próprios fundadores, no valor de 3 milhões de reais. Isso permitiu que o site fosse ao ar já com parcerias consolidadas, que alimentam o site com mais de 130 mil hotéis pelo mundo, sendo 15 mil deles no Brasil. Parcerias fortes com empresas como Decolar, Booking.com, ClickHoteis e Hoteis.com tornam o Mundi um forte player do mercado de viagens.

O segredo do Mundi para atingir o patamar de 2 milhões de usuários únicos é o programa de afiliados do site. Recebendo 25 centavos por clique, os usuários sentem-se incentivados a divulgar o serviço em seus blogs e sites, seguindo o modelo clássico do Adsense de publicidade online. O serviço também possui widgets para Facebook e Orkut para aumentar sua penetração.

O mercado Brasileiro vem se mostrando cada vez mais aquecido para fusões e aquisições de empresas web. Qual seu palpite sobre a próxima grande venda ou fusão no nosso mercado?

0 responses to “Venda do Mundi: Os Comparadores de Preços Estão na Moda

  1. o que deve ter atraído é mais do que o serviço de comparador, mas de agregador de fornecedores. no fundo, é um extensão do papel da própria mídia, de capturar clientes (construir marca, etc).

  2. Não entendo essa de sigilo sobre o valor de compra… para a indústria essa falta de transparência é péssima.

    Caso alguém saiba por favor vaze a informação anonimamente… 🙂

  3. Interessante… no mercado americano os “comparadores de viagens” possuem mais acessos/usuários. Por aqui não é (era) tão mainstream.

    Acho muito interessante a movimentação. Existe muito espaço para (bons) serviços de busca vertical em outros setores (imóveis, locação de carros e até mesmo serviços tipo yelp…).

    Solr ftw…

  4. Na verdade os grandes grupos de mídia cada vez mais diversificam sua atuação. UOL com UOL Host e Pagseguro, Naspers com o Buscapé, e agora a Globo com o Mundi. Acho que eles estão começando a perceber que para continuar no mercado vão ter que se preocupar bastante com reposicionar o modelo de “Grupo de mídia”.

  5. Reflexo da pequena quantidade de cias aéreas que temos… então comparação de passagens não tem tanta vantagem. Por outro lado, há uma enorme quantidade de hotéis e serviços afins.

  6. Gente, o importante é que o dinheiro está circulando. O Luiz Eugênio e vários outros VCs sempre confirmam os bilhões que estão disponíveis para investimentos hoje no Brasil. Eu quero mais é ler outras notícias dessas ainda neste ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *