Viajanet Recebe Aporte de US$ 19 Milhões para Ampliar Atuação Na América Latina

Um dos principais comparadores de preços áreos, pacotes e hotéis do país, o ViajaNet, acaba de anunciar um aporte de dois fundos de investimentos americanos, o Redpoint Ventures e o General Catalyst. O valor do investimento foi de US$ 19 milhões, que será utilizado pela agência em três pilares de crescimento: ampliar do market share local, aumentar a oferta de produtos e antecipar os planos agressivos de atuação da empresa também na América Latina. A empresa é concorrente direta do Decolar.com e também do Submarino Viagens.

Os fundos estrangeiros enxergam o Brasil como um mercado promissor de turismo online. De fato, analistas prevêem que o setor deve somar aproximadamente US$ 5 bilhões de viagens vendidas pela internet em 2011. Para 2012, a participação no mercado online deverá crescer mais de 20%.

O objetivo do aporte é movimentar o mercado de turismo online na América Latina, cujas taxas das vendas realizadas online ainda são menores do que em mercados mais maduros, como Europa e os EUA, onde reservas online representam de 30 a 40% do total do mercado.

Segundo Pueo Keffer, diretor da Redpoint, o investimento também reflete a aposta do fundo no mercado brasileiro de startups. De acordo com o 2° Censo Brasileiro da Indústria de Private Equity e Venture Capital pelo GVCepe, Centro de Estudos de Capital de Risco da FGV-EAESP (Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas), as startups brasileiras de tecnologia foram as que mais registraram crescimento, com cerca de 35% ao ano.

“O mercado de viagens online está explodindo no Brasil e na América Latina e a oportunidade de trabalhar com o ViajaNet para alcançar este mercado é bastante promissora”, destaca Jeff Brody, sócio da Redpoint e membro do conselho.

Para Joel Cutler, sócio da General Catalyst, o aporte está atrelado principalmente com a onda de crescimento que o Brasil apresenta nos últimos anos. “Estamos entusiasmados com o ViajaNet, que, com menos de dois anos de mercado, nos apresentou uma impressionante capacidade de crescimento. Agora buscamos ajudá-los a repetir o sucesso também na América Latina”, revela o executivo.

Bob Rossato, sócio fundador do ViajaNet, diz que para finalizar todo este processo, foi primordial contar com a ajuda de experientes empresas de capital de risco dos EUA, como a Redpoint e a General Catalyst. “Isto será extremamente útil como impulso para o Viajanet ir a um próximo nível”, revela.

Além de ampliar a oferta de produtos, a empresa pretende investir em planos mais agressivos considerando a nova maneira em que os internautas estão consumindo no ambiente online. “Estamos muito otimistas com este aporte. Traçamos um ambicioso plano de negócios para aumentar nosso market share em 2011”, revela Alex Todres, sócio fundador da agência de viagens online.

Fundada no final de 2009, o ViajaNet vendeu mais de US$ 30 milhões em tarifas online em 2010 e emprega mais de 120 pessoas. “Fundamos o ViajaNet com a missão de construir a companhia de viagens online líder na América Latina. Com mais este aporte, acreditamos estar no caminho certo para ampliar nossa presença internacional”, finaliza Todres.

0 responses to “Viajanet Recebe Aporte de US$ 19 Milhões para Ampliar Atuação Na América Latina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *