No mês passado a gigante Zynga entrou com um processo por violação de direitos autorais contra a brasileira Vostu, alegando que a empresa chegou a copiar até os bugs dos games. Mas agora foi a vez da brasileira contra-atacar com um documento de 368 parágrafos. Trata-se da versão completa da declaração à imprensa feita imediatamente após o processo que podemos resumir com a expressão: o sujo falando do mal lavado.

Segundo o TechCrunch, a defesa da Vostu inclui várias ilustrações de como a Zynga vem copiando de outros jogos por muitos anos. Veja um exemplo: a Zynga acusou a Vostu de copiar o Cityville. A Vostu responde às acusações mostrando a semelhança do Cityville com outros jogos que não foram feitos pela Zynga. Confira abaixo:

O engraçado é que a Vostu afirma que a Zynga entrou com o processo porque as negociações de uma parceria entre as duas não deram certo, e também pelos esforços da gigante no Brasil. Segundo o documento, as alegações da Zynga são parte de uma estratégia para prejudicar a brasileira por competir com a gringa.

“A Zynga tem observado a Vostu como um potencial concorrente há muito tempo, e ela já até chegou a discutir sobre um relacionamento estratégico com a Vosto no começo de Agosto de 2010.”

Segundo o documento, os motivos que levaram a Zynga a entrar com o processo contra a Vosto são: A entrada da Zynga no mercado brasileiro, pretendendo se tornar a empresa líder em games de redes sociais. A chegada da Vostu no Facebook, onde a Zynga afirma ser seu território exclusivo, e o IPO da empresa. A Zynga está no meio da sua oferta pública de ações, por isso pode não responder tão rapidamente à ação. Principalmente para evitar qualquer problema maior que possa vir a atrasar o procecesso de seu IPO.

Agora nos resta esperar pra ver as cenas do próximo capítulo. Será que esses argumentos serão o bastante pra livrar a barra pra empresa brasileira? Alguns sites declararam que a Vostu passou dos limites, você concorda?

Confira os documentos abaixo:
018 Answer and Counterclaims
018-1 Exhibits to Answer and Counterclaims