Segundo um representante da desenvolvedora de jogos sociais Vostu, a empresa entrou em acordo com a Zynga em relação à ação judicial da empresa norte-americana sobre a startup quase brasileira. Além das mudanças realizadas pela Vostu, uma quantia não divulgada foi paga para a Zynga. Mas será que a gigante dos games sociais também vai pagar para a Maxis, desenvolvedora do SimCity?

Se você não acompanhou a briga judicial das duas empresas, saiba que em Junho de 2011 a Zynga entrou com um processo por violação de direitos autorais contra a Vostu, afirmando que houve cópia inclusive dos erros dos games. A Vostu contra-atacou no mês seguinte afirmando que a própria Zynga copiou recursos de outros jogos que não foram feitos pela empresa. Em Agosto a gigante gringa voltou a processar a Vostu, desta vez também em território tupiniquim, conseguindo uma liminar contra a vítima. Até mesmo o Orkut foi envolvido no processo (veja os detalhes aqui).

Mas parece que finalmente teremos o desfecho da guerra. De acordo com o TechCrunch, as empresas emitiram uma declaração conjunta dizendo que a Zynga e a Vostu entraram em acordo em relação aos processos de direitos autorais abertos no EUA e no Brasil. Como parte do acordo, a Vostu fez um pagamento monetário para a Zynga e fez algumas mudanças em quatro de seus jogos. As partes estão satisfeitas em resolver seus conflitos e agora esquecerão estas questões.

A Vostu já levantou um total de US$ 46 milhões com a participação das empresas Accel Partners, Intel Capital, Tiger Technology Global Management e General Catalyst. Mesmo assim, este acordo parece não ter ficado tão barato financeiramente para a empresa, mas pelo menos será um problemão a menos.

Já para a Zynga é a hora certa de resolver suas pendências judiciais já que a empresa está prestes a abrir capital. Vamos ver se não teremos mais nenhuma surpresa.