A startup de cupons gratuitos Cuponeria foi a vencedora do Desafio Sua Ideia Vale um Milhão 2012, segunda edição da competição de startups criada pelo Buscapé Company. A empresa apresentou um modelo de negócios com grande potencial de sinergia com o grupo e chamou a atenção dos juízes com sua forte equipe, formada por Thiago Brandão (CEO), Nara Iachan (CMO) e Lionardo Nogueira (CTO). O Buscapé Company se torna sócio da startup ao investir R$ 300.000,00 em troca de 30% de participação da empresa.

A Cuponeria deu um importante passo ao conquistar o lugar que mais de 900 empresas almejavam. Você quer aprender o segredo da startup? Confira nossa entrevista com o CEO Thiago Brandão para conhecer a história da empresa e entender como foi a experiência para a equipe.

Webholic: Como e quando surgiu a Cuponeria? Pode nos contar um pouco da sua história do nascimento até a participação do Desafio Sua Ideia Vale um Milhão 2012?

Thiago Brandão: A ideia da Cuponeria veio da sócia Nara Iachan, que sempre gostou muito de cupons de desconto em outros países e reparava na carência dessa cultura aqui no Brasil. Nós vimos essa ausência de mercado como uma oportunidade e não como uma barreira. A primeira coisa que fizemos foi um blog com cupons em formato de post e em seguida, após testar o modelo e reparar que as pessoas estavam adorando, montamos a Cuponeria que está no ar hoje. Passamos esse ano aprendendo como o usuário quer usar o cupom e como o empresário quer anunciar. Com isso, temos uma empresa com modelo de negócios maduro e vamos potencializar a empresa com a união com o Buscapé!

WH: Vocês já participaram de outras competições de startups? O que motivou a participação no Desafio Buscapé?

Thiago: Nós não participamos de muitos eventos de Startups, nem conversamos com muitos investidores. Nos dedicamos full time ao mundo dos cupons e das pequenas e médias empresas. O que nos motivou a participar do Desafio Buscapé foi a grande admiração que temos pela empresa e por seus fundadores. Acreditamos que, com o Buscapé, nosso desafio de trazer a comodidade dos cupons para o Brasil ganha uma força muito grande.

WH: Quais as características e recursos da startup que, na sua opinião, foram cruciais na decisão dos juízes?

Thiago: Nós temos um time muito apaixonado e focado no que faz. Isso é muito importante quando você quer encontrar novos sócios! As pessoas tem que se completar. No nosso caso, eu sou mais focado em vendas, o Lionardo em tecnologia e a Nara em marketing. Além disso, temos um grande problema para resolver e nosso mercado é incrível!

WH: Vocês mexeram muito no modelo de negócios durante a semana de mentoria? Como foi a experiência?

Thiago: Nós percebemos a importância do e-commerce dentro do nosso negócio de cupons, com isso adicionamos mais foco nos cupons online. A semana de mentoria foi muito bacana e nos deu uma visão muito clara da Buscapé Company. Isso é fundamental. Como todo mundo compara, sociedade é como um casamento. É muito importante você conhecer bem a empresa antes de se tornar sócia.

WH: Já possuem planos para o investimento recebido? Quais são?

Thiago: Vamos dedicar grande parte da nossa energia e investimento ao marketing e tecnologias mobile. O App para iPhone já está saindo! E isso é só o começo da nova Cuponeria!

WH: Qual dica daria para quem está começando e pretende entrar em competições de startups?

Thiago: Eu acredito que o mais importante é você estar mergulhado no seu mercado. Antes de startup, nós somos uma empresa de cupons. Procuramos entender muito do interesse do comerciante brasileiro, do mercado internacional de cupons e de como um usuário quer interagir com promoções. Somos uma empresa muito nova, mas já conhecemos muito do nosso mercado. Acho que o mais importante é você mostrar que já sabe vender seu produto!

WH: Obrigado pela entrevista Thiago, e boa sorte!