iAds Será maior que o iPad?

A Apple revelou a versão 4.0 do sistema operacional iPhone na semana passada e o principal recurso do SO foi uma nova plataforma de anúncios chamada iAd. A Apple em breve irá oferecer uma maneira facilitada para desenvolvedores de aplicativos colocarem anúncios em seus aplicativos e ainda manter 60% da receita.

Analistas técnicos de finanças estão enlouquecendo com a novidade, com uma previsão de oportunidade de US$ 4,67 bilhões por ano para a Apple. Porque? Porque a plataforma tem o potencial de mudar o conceito de publicidade online, diferente de tudo que você viu até hoje.

Cullen Wilson explica no blog Austin Startup:

O iAds tem a chance de mudar a maneira que os usuários interagem com anúncios por uma simples razão: O medo de clicar em um anuncio se foi. A Apple está lançando sua marca por trás de uma rede de anúncios para criar uma percepção de que se você confia na Apple, você pode também confiar nesses anúncios. Preocupado com a instalação de malwares ao clicar em um anúncio? Odeia quando os anúncios abrem uma nova janela? Sem problema, a Apple resolveu isso mantendo os anúncios dentro do aplicativo e analisando todos os anúncios de sua rede.

O iAd me lembra de duas redes de anúncios que já sou fã, o The Deck e o Fusion Ads. Seus anúncios são bem feitos, eles anunciam em aplicativos que eu uso e gosto muito, e eles verificam todos em sua rede antes de aceitá-los. Se você já usou os clientes gratuitos do Twitter Tweetie e Twitteriffic, você então já viu esses anúncios.

Se a Apple pode convencer seus usuários que é seguro clicar em qualquer coisa com a logo do iAd eles terão mudado a percepção que os usuários para com os anúncios, resultando em mais cliques e mais dinheiro para a Apple e para os desenvolvedores.

Eles fizeram isso aproveitando um sistema fechado, sua própria marca, e uma plataforma que seus usuários já adoram (a App Store).

O iPad está claramente mudando a experiência das pessoas com a computação, muitos não-geeks estão loucos para comprá-lo. Mas se a Apple pode transformar a publicidade móvel do aborrecimento que era para uma experiência confiável e atraente, seria sensacional para a empresa. A plataforma iAd pode ter um impacto maior do que o iPad está tendo com a computação. E pode gerar mais receita também.

Wilson ressalta que, embora muitas pessoas reclamem sobre a natureza fechada da App Store, este é o outro lado da moeda que vale a pena considerar. Uma pergunta que tenho sobre isso é como será a avaliação de aplicativos em uma plataforma tão grande. Onde há dinheiro a receber, deve haver dinheiro a ser pago a analistas de anúncios também.

Se a plataforma provar ser eficaz e fazer com que o desenvolvimento de aplicativos se torne ainda mais rentável, então nós usuários podemos torcer por um novo mundo de aplicativos que será construído no futuro. Se a Apple pode proporcionar uma experiência de alta qualidade na plataforma iAd, então nós como usuários podemos torcer por uma experiência menos rude. Há algo assustador no controle total da Apple sobre a plataforma, não é?

E vocês leitores, o que pensam do iAd? Você acha que será eficaz? Revolucionário? Você acha que é justo?

0 responses to “iAds Será maior que o iPad?

  1. Acho que tem poder para fazer um boom, sim. Como a Apple gosta de um controle em cima dos serviços e produtos dela, tenho receio que este controle acabe “tirando o toque mágico” deste serviço. O futuro é incerto, mas estou certo de que irá abrir novas possibilidades para diversos setores.

  2. Acho que tem poder para fazer um boom, sim. Como a Apple gosta de um controle em cima dos serviços e produtos dela, tenho receio que este controle acabe “tirando o toque mágico” deste serviço. O futuro é incerto, mas estou certo de que irá abrir novas possibilidades para diversos setores.

Deixe uma resposta para Ricardo Dantas Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *